Pecuária sustentável é o futuro da produção de carne

#OAgroNãoPara

Pecuária sustentável é o futuro da produção de carne

Economia por Luciana Peña em 07/07/2020 - 09:53

As áreas de pastagem ocupam 19% do território nacional. O desafio é produzir mais e com qualidade sem aumentar a área. O Brasil está fazendo a lição de casa com boas práticas de manejo e tecnologia. O tema foi debatido no oagronãopara.

A edição sobre pecuária do OAGRONÃOPARA, evento realizado pela Sociedade Rural de Maringá e a GMC Eventos, com apoio da CBN Maringá, empresas do Grupo Maringá de Comunicação, teve como convidados o diretor técnico da Associação Brasileira de Criadores de Zebu, Gabriel Garcia Cid, a presidente da Associação Brasileira de Criadores de Devon, Simone Bianchini e o presidente da Associação Brasileira de Angus, Nivaldo Dzyekanski.

Os convidados lembraram logo de início a importância da pecuária para o desenvolvimento do país. Ainda mais num momento como este, em que a economia está abalada com a pandemia do coronavírus.

E se a produção de alimentos, o agro, move o mundo, a pecuária tem seu papel fundamental para que o país não pare.

E neste sentido a pandemia contribuiu para que a população enxergasse com nitidez que é da roça que sai o alimento, disse o presidente da Associação Brasileira de Angus, Nivaldo Dzyekanski.[ouça no áudio acima]

E o mundo vai precisar produzir mais carne e em menos espaço.[ouça no áudio acima]

O Brasil já está neste caminho, com pecuária de qualidade em processos de produção sustentáveis. disse a presidente da Associação Brasileira de Criadores de Devon, Simone Bianchini.[ouça no áudio acima]

Segundo dados da Abiec, Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes, o Brasil ocupa 19% do território com pastagens. O diretor técnico da Associação Brasileira de Criadores de Zebu, Gabriel Garcia Cid, diz que está provado que tanto o conforto animal, quanto as boas práticas de manejo, dão retorno econômico e garantem uma produção sustentável.[ouça no áudio acima]

Por causa da pandemia, muitas feiras agropecuárias foram canceladas. O setor lamenta, mas entende que a pecuária vai resistir e saíra forte da pandemia porque o agro vai levantar a economia do país, diz Simone Bianchini.[ouça no áudio acima]

E a pecuária sairá com a imagem fortalecida perante a população acredita Gabriel Garcia Cid.[ouça no áudio acima]

É um reconhecimento merecido, acrescenta Nivaldo Dzyekanski. [ouça no áudio acima]

O evento foi mediado pelo jornalista Sérgio Mendes do CBN Rural com participação da presidente da Sociedade Rural, Maria Iraclézia de Araújo.