“Já pensei em desistir”, diz Ricardinho sobre o Maringá Vôlei
Victor Simião/ CBN Maringá

Ex-jogador

“Já pensei em desistir”, diz Ricardinho sobre o Maringá Vôlei

Esporte por Victor Simião em 25/07/2019 - 18:30

O presidente do clube afirmou já ter pensando na possibilidade mesmo quando ainda jogava. Para a montagem da temporada deste ano, o pensamento veio novamente à cabeça dele, mas passou após encontrar o patrocinador master.

Aos 43 anos, atuando com um projeto que leva o nome dele e presidindo o Maringá Vôlei, Ricardo Garcia, o Ricardinho, disse já ter pensando em desistir do time. A afirmação foi feita à CBN durante a tarde desta quinta-feira (25), após a apresentação do plantel da nova temporada. O pensamento já havia passado enquanto ele ainda jogava. Neste ano, já como presidente do Maringá Vôlei, a ideia se repetiu. Entre outros motivos: a dificuldade de achar patrocinadores, relatou o campeão olímpico.

A Copel Telecom acompanhou as últimas temporadas do time, sendo a patrocinadora master, inclusive dando o nome ao Maringá Vôlei. Com a saída da empresa, estava difícil achar um patrocinador. Há cerca de seis meses, o presidente se encontrou por acaso com representantes da Tree Part, uma holding que atua com inovação digital. A ideia era falar sobre o projeto social. O resultado foi melhor do que o esperado, e um contrato foi feito.

O nome do time ficou Denk Maringá Vôlei. O vice-presidente da holding é Davi Maciel de Oliveira, que disse que apoiar projetos faz parte das ações da empresa.

A CBN apurou que o custo de um ano do time fica em mais de um milhão e meio de reais. A reportagem não conseguiu obter os valores pagos pelo patrocinador master.

O Maringá Vôlei disputa neste ano o Campeonato Paranaense, a Copa do Brasil e a Superliga 2019/2020.