Cardiologista alerta para o risco de infarto no período de isolamento
Imagem ilustrativa/Foto: Reprodução/Internet

Saúde

Cardiologista alerta para o risco de infarto no período de isolamento

Saúde por Luciana Peña em 21/04/2020 - 08:43

É que muitos pacientes, seguindo a recomendação de só ir ao hospital em caso de emergência, não dão a devida importância aos sintomas do infarto.


 

Pessoas com problemas cardíacos entram no grupo de risco da covid-19 e por isso devem ficar em casa neste período de pandemia.

A doença provoca uma inflamação que começa nos pulmões, mas pode atingir o sistema vascular tornando a recuperação mais difícil entre pacientes com pressão alta, insuficiência cardíaca e entupimento de artérias.

A recomendação das autoridades de saúde, para a população em geral, é que só procure o pronto socorro em caso de emergência. 

O problema é que seguindo esta recomendação à risca, muita gente que é cardíaca ou que nem sabe, pode sofrer um infarto em casa durante o período de isolamento. 

O cardiologista Raul D'Aurea Mora, presidente da Sociedade Paranaense de Cardiologia, diz que existem estudos comprovando esta realidade.[ouça no áudio acima]

O alerta dos cardiologistas é que durante o isolamento em casa, os cardíacos não deixem de usar os remédios de uso contínuo, nos horários corretos, e de maneira alguma altere a dose recomendada pelo médico.

E o principal: procure um serviço de emergência quando surgir os seguintes sintomas: [ouça no áudio acima]

De acordo com a literatura médica, de cada dez infartos, quatro pacientes morrem antes de receber atendimento.


 

Precisa sair de casa? Use Máscara. Clique aqui e saiba por que ela é importante