Três colégios de Maringá aprovam conversão para cívico-militar
Imagem ilustrativa/foto: Rodrigo Felix Leal/AEN

Consulta pública

Três colégios de Maringá aprovam conversão para cívico-militar

Educação por Luciana Peña em 31/10/2020 - 10:11

Das cinco escolas que foram selecionadas para se transformar em colégios cívico-militares na cidade, uma ainda está realizando consulta pública e uma reprovou a mudança. Saiba quais são os colégios. 

Segundo a Secretaria de Educação do Paraná. depois de quatro dias de consulta pública sobre a migração de escolas do sistema tradicional para o modelo cívico-militar, 163 escolas de todo o Paraná aprovaram a mudança.

Outras 54 escolas continuam a votação na manhã deste sábado (31) e também após o feriado.

O balanço parcial aponta que mais de 72 mil pais, estudantes, funcionários de escola e professores já registraram a opinião sobre a proposta de alterar o modelo de escolas.

Segundo o Núcleo Regional de Educação de Maringá, em Maringá e região a comunidade escolar decidiu pela aprovação do novo modelo nas seguintes escolas:
Serafim França, em Astorga
Cecília Meireles, em Colorado
Vicente Pallotti, em Mandaguari
Alberto Jackson Byington Júnior, em Maringá
Ipiranga, em Maringá
Vinícius de Moraes, em Maringá
Cora Coralina, em Sarandi
Pedro Viriato Parigot de Souza, em Marialva.

A votação será retomada nas escolas: Thomas Edison, em Maringá, Colégio Independência, em Sarandi e Colégio Vercindes, em Paiçandu.

O Colégio Brasílio Itiberê, em Maringá, não aprovou a conversão.

A consulta pública continua neste sábado, das 8 às 12 horas, nas escolas em que o quórum absoluto não tenha sido alcançado ainda. E retoma depois do feriado, com horário das 8h às 20h.

Para atingir o quórum é preciso que mais de 50% da comunidade escolar vote e o resultado é decidido com 50% dos votos mais um.

 

Quer enviar sugestão, comentário, foto ou vídeo para a CBN Maringá? Faça contato pelo WhatsApp (44) 99877 9550