Testes apontam que circulação do vírus em Maringá é baixa
Foto: Rafael Silva/Prefeitura de Maringá

Taxa de positividade

Testes apontam que circulação do vírus em Maringá é baixa

Saúde por Luciana Peña em 02/05/2020 - 11:43

A Secretaria de Saúde de Maringá aumentou o número de testes realizados na cidade e criou uma taxa de positividade para avaliar a circulação do vírus. Neste momento a taxa é baixa, reflexo do distanciamento social e medidas como uso de máscaras.


 

O boletim divulgado pela Prefeitura de Maringá e com dados até 30 de abril traz novos detalhes sobre o coronavírus.

Em Maringá há mais casos positivos no centro,  na Zona 7 e na Zona 6. 

Dos casos confirmados, 75% têm entre 14 e 59 anos. 23% têm 60 anos ou mais e 2% têm até 13 anos.

O número de testes realizados, que antes eram feitos apenas em pacientes internados, num total de 50 por semana, deu um salto. Serão 40 por dia.

Com isso é possível monitorar a ação do vírus. Um gráfico dia a dia, da quantidade de exames feitos, e da quantidade de positivos dentre eles, revela se a circulação do vírus está alta ou baixa. É a taxa de positividade, que por enquanto está baixa diz o secretário Jair Biatto.[ouça no áudio acima]

A taxa baixa será mantida enquanto houver distanciamento social, uso de álcool em, gel, máscaras. Todos os cuidados de higiene e segurança. [ouça no áudio acima]

A taxa de positividade baixa é uma ótima notícia, mas segundo o secretário novas atividades econômicas só serão liberadas quando houver mais informação e acompanhando decisões do Estado.  [ouça no áudio acima]

Não se esqueça, ao sair de casa use máscara