Sindicatos fazem carreata em Maringá contra o volta às aulas
Foto: Luciana Peña/CBN Maringá

Manifestação

Sindicatos fazem carreata em Maringá contra o volta às aulas

Educação por Victor Simião em 07/08/2020 - 14:06

Segundo os participantes, não há condições para o ensino presencial. O ato passou pelo centro da cidade e terminou em frente ao Núcleo Regional de Educação. 

A concentração foi ao lado do antigo aeroporto de Maringá na manhã desta sexta-feira (07). Dali, representantes de sindicatos de professores e técnicos da Universidade Estadual de Maringá, da rede estadual de ensino e de trabalhadores do município saíram em uma carreata: o objetivo, mostrar ao Governo do Paraná e à sociedade que as entidades são contrárias ao retorno das aulas de forma presencial.

O Governo Ratinho Junior está com ideia de volta às aulas parcialmente dessa forma. De acordo com o estado, avaliações têm sido feitas recorrentemente.. Uma possibilidade é começar em setembro.

Os participantes da carreta da escreveram frases nos carros como “100 mil mortes”, em referência à estatística nacional de vítimas da Covid-19.

Um dos participantes foi o professor do ensino fundamental Sidnei de Almeida. Segundo ele, o retorno às aulas pode aumentar o contágio do coronavírus no Paraná. [ouça no áudio acima]

A presidente do Sismmar, sindicato dos servidores municipais, Priscila Guedes, diz que as aulas não podem retornar porque as escolas não estão preparadas para isso. [ouça no áudio acima]

Presidente da Sesduem, Giuliano Pimentel afirma temer que o retorno presencial adoeça crianças, pais e professores. [ouça no áudio acima]

A carreata terminou em frente ao Núcleo Regional de Educação em Maringá.

Com apoio de Luciana Penã, Victor Simião para CBN.