Por falta de leitos, Prefeitura de  Maringá vai suspender cirurgias eletivas
Imagem ilustrativa/foto: Marcelo Casal Jr / Agência Brasil

Medidas

Por falta de leitos, Prefeitura de Maringá vai suspender cirurgias eletivas

Saúde por Lethícia Conegero/GMC Online em 24/11/2020 - 20:29

Durante a Live GMC, do Grupo Maringá de Comunicação, desta terça-feira (24), o chefe de gabinete da Prefeitura de Maringá, Domingos Trevizan, falou sobre as novas medidas restritivas que serão adotadas para tentar conter o avanço da Covid-19 na cidade. Um novo decreto será publicado nesta quarta-feira (25).

Entre as medidas, está a suspensão de cirurgias eletivas do SUS devido à falta de leitos, segundo Domingos Trevizan.

“Vamos suspender [as cirurgias eletivas]. Decidimos isso com a Secretaria de Saúde. Amanhã [dia 25] já deve sair a portaria e vai suspender. Lamentavelmente não tem outro jeito. Várias cidades já fizeram isso, nós seguramos o máximo possível, mas nesse momento os próprios hospitais já não estão em condições de fazer mais, não tem leitos para isso”, disse durante a live.

O novo decreto também deve ampliar o horário do toque de recolher em Maringá em uma hora, começando às 23h e terminando às 5h, além de fechar áreas de lazer, parques e espaços públicos e limitar o horário de bares, que deverão encerrar as atividades às 22h.

Assista a live completa: