Polícia prende suspeito de ter sido contratado para matar por herança
Google Street View

Mandaguari

Polícia prende suspeito de ter sido contratado para matar por herança

Segurança por Portal GMC Online em 30/01/2019 - 08:25

Um terceiro suspeito de envolvimento no assassinato de Honório Watanabe, de 57 anos, foi preso nesta segunda-feira (28). O homem foi morto a tiros, em Mandaguari (a 51 quilômetros de Maringá), e a suspeita é que o De acordo com a Polícia Civil, Daniel Victor Vieira de Oliveira, de 20 anos, é suspeito de ter atirado contra Watanabe.

Num primeiro momento, a polícia acreditava que uma das sobrinhas, Andressa Watanabe, de 24 anos, teria ido até a casa do tio, o chamado no portão e atirado contra ele. No entanto, após a investigação, os policiais chegaram até Oliveira.

Uma das irmãs presas, Hellen Watanabe, de 32 anos, segundo o delegado Zoroastro Nery do Prado Filho, disse que contratou o jovem e pagou aproximadamente R$ 1.500 para que ele atirasse contra o tio dela. Durante interrogatório, Oliveira decidiu permanecer calado e não respondeu às perguntas da polícia.

Conforme a PC, testemunhas ouvidas na investigação armaram terem visto Hellen na casa de Oliveira. Os três suspeitos foram indiciados por homicídio qualificado. Agora, o caso segue para o Poder Judiciário. O jovem, que não tinha passagens pela polícia, e as duas irmãs continuam presos.    

Por Monique Manganaro/Portal GMC Online