“Países onde o cidadão entendeu a importância da sua conduta, se saíram melhor no enfrentamento da epidemia”
Imagem Ilustrativa/Foto: MP-PR

Pandemia

“Países onde o cidadão entendeu a importância da sua conduta, se saíram melhor no enfrentamento da epidemia”

Saúde por Luciana Peña em 18/06/2020 - 12:05

É o que o diz o promotor de Justiça de Terra Roxa, que ajuizou ação contra dois moradores que desrespeitaram o isolamento domiciliar. Burlar o isolamento determinado pelas autoridades de saúde é crime.

No momento em que a epidemia de coronavírus pode estar se aproximando do período mais crítico de contágio, é fundamental um comportamento responsável do cidadão.

Em Maringá, os campinhos foram fechados a cadeado no último fim de semana porque estavam servindo para aglomerações.

E depois veio um decreto. Mas o fiscal da prefeitura não pode estar em todo o lugar. Por isso, a melhor vigilância é a consciência de cada um.

O perigo do afrouxamento da vigilância é o esgotamento do sistema de saúde.

E até pacientes confirmados ou com suspeita de Covid-19 estão sendo flagrados fora de casa.

Em Terra Roxa, o Ministério Público já ajuizou duas ações contra cidadãos que desrespeitaram o isolamento. Isso é crime, diz o promotor Bernardo Marino Carvalho.[ouça no áudio acima]

O apelo para que as pessoas se comportem com responsabilidade nesta pandemia tem como base a experiência de outros países que já passaram pelo pior. E a conduta dos cidadãos fez toda a diferença. [ouça no áudio acima]

No caso mais recente, o Ministério Público ajuizou uma ação para que um rapaz fique em casa, em isolamento, até o próximo dia 26, sob pena de multa de mil reais em caso de descumprimento.