Estudo quer mapear os efeitos do isolamento social em idosos
Imagem Ilustrativa/Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Atividade física

Estudo quer mapear os efeitos do isolamento social em idosos

Saúde por Portal GMC Online em 13/05/2020 - 15:11

Uma pesquisa quer analisar os impactos do isolamento social, provocado pelo coronavírus, em pessoas idosas. O autor do estudo é o professor de educação física e mestrando da Universidade Estadual de Maringá (UEM), Rodrigo Garcia, que busca voluntários, acima dos 60 anos de idade, para responder um questionário online.

Segundo o pesquisador, o objetivo é analisar como a mudança de rotina exerce efeito na capacidade dos idosos em realizar atividades do cotidiano. Para Garcia, os cuidados com o público da terceira idade nesse período merecem atenção.

“O interesse pela temática pode ser atribuído ao crescimento da população idosa no Brasil, que também é a que mais sofre com os efeitos colaterais da pandemia, já que são considerados grupo de risco e possuem a maior taxa de mortalidade entre os contaminados”, afirmou.

O estudo está sendo conduzido com apoio do Grupo de Estudos e Pesquisa em Aptidão Física e Treinamento (Gepafit) da Universidade Estadual do Paraná (Unespar). Para a coleta de dados, foi preparado um questionário online, que os voluntários podem responder em poucos minutos.

Com os resultados, o professor espera descobrir maneiras para que os idosos possam continuar desenvolvendo a atividade física em segurança, com os exercícios adequados.

“A literatura demonstra que idosos com menores níveis de atividade física também são os que apresentam maior nível de incapacidade e estresse. Portanto, o levantamento desses dados é importante para que possamos pensar em maneiras de protegermos os idosos do vírus”, afirmou.

O questionário da pesquisa já está disponível na internet. Os voluntários podem acessá-lo através deste link.


 

Por: Victor Ramalho/GMC Online 

 

Precisa sair de casa? Use máscara. Clique aqui e saiba por que ela é importante