Em Maringá, 225 profissionais de saúde foram infectados pelo coronavírus
Imagem ilustrativa/foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

Boletim epidemiológico

Em Maringá, 225 profissionais de saúde foram infectados pelo coronavírus

Saúde por Lethícia Conegero/GMC Online em 04/07/2020 - 19:53

Dos 1.520 moradores de Maringá que testaram positivo para o novo coronavírus até o dia 30 de junho, 225 são profissionais da área da saúde. Esses trabalhadores representam 14,8% do total de casos confirmados no município. A informação consta no 13º boletim epidemiológico semanal, publicado neste sábado (4), pela Secretaria Municipal de Saúde.

Em relação ao boletim semanal anterior, houve um aumento de 38,8% no número de profissionais da saúde contaminados pelo novo coronavírus. O 12º boletim considerou os casos confirmados até o dia 18 de junho, que somavam 967. Desses, 162 eram trabalhadores da saúde.

Na lista das profissões, cargos administrativos ocupam a segunda posição entre os contaminados em Maringá. Até o dia 30 de junho, 185 profissionais dessa área testaram positivo para a covid-19. O número corresponde a 12,1% do total de confirmações no município.

Na sequência, estão os desempregados ou do lar, com 118 pessoas contaminadas pelo novo coronavírus, o equivalente a 7,8% do total de positivados.

Vendedores, balconistas, atendentes e caixas vêm em seguida, somando 99 pessoas infectadas. Esses trabalhadores representam 6,5% do total de casos em Maringá.

No total, 78 empresários/comerciantes testaram positivo para a Covid-19 em Maringá. Essa categoria corresponde a 5,1% do total de contaminados. O mesmo número vale para os aposentados.  

Na sequência, estão os estudantes e estagiários, que correspondem a 4,6% do total de positivados em Maringá. 71 foram infectados pelo novo coronavírus até o dia 30 de junho.