Correios pede suspensão da greve para negociar com funcionários

País

Correios pede suspensão da greve para negociar com funcionários

País em 23/09/2011 - 15:59

A direção nacional da agência do Correios voltou a pedir suspensão da greve para negociação com funcionários. Em nota, a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos divulgou nesta sexta-feira (23) informações na qual pede o início de novos diálogos. A proposta é ter por base o limite orçamentário, reajuste salarial de 6.87%, aumento real de 50 reais e abono de 800 reais.

De acordo a empresa, a paralisação atinge apenas 19% dos funcionários no Brasil. E os Correios pretende realizar mutirões para entrega das correspondências em atraso, caso haja a suspensão da greve, e o pagamento de hora extra a todos os funcionários envolvidos.

O comando nacional da greve deve se pronunciar ainda hoje sobre o assunto. No Paraná, a paralisação afeta a entrega de pelo menos três mil correspondências por dia.