Caso Goioerê: há mais dois envolvidos, aponta Polícia Civil
Foto: Reprodução/Facebook

Mais presos

Caso Goioerê: há mais dois envolvidos, aponta Polícia Civil

Segurança por Victor Simião em 23/09/2020 - 16:58

Três pessoas já tinham sido presas por suspeita de envolvimento no sumiço de um casal, que aconteceu em agosto. O número de detidos chega a cinco, agora. A busca pelos corpos continua. 

A Polícia Civil diz acreditar que há pelo menos mais dois homens envolvidos no desaparecimento de um casal de Goioerê. Nos últimos dias, esses dois suspeitos foram presos. Agora, ao todo, são cinco pessoas detidas. Todas são consideradas suspeitas e ao menos quatro delas já estão na cadeira de Umuarama, noroeste do Paraná.

O casal Kauany Cleve e Rubens Bigueti Júnior foi visto pela última vez no começo de agosto. Um dia após o desaparecimento deles, o carro do casal foi encontrado queimado na zona rural de Goioerê.

No dia 16 deste mês, três homens foram presos pela Polícia Civil. Dois foram detidos em Umuarama; um, em Tapejara. De acordo com a investigação, eles têm relação direta com o crime. Com eles, itens do casal foram localizados.

A prisão dos dois suspeitos mais recentes aconteceu em Campo Mourão e Tapejara.

O delegado Adaílton Ribeiro Júnior, de Alto Piquiri, é um dos responsáveis pelo caso. Procurado pela CBN Maringá nesta quarta-feira (23), ele preferiu não gravar entrevista e evitou dar mais informações. Entretanto, diz que a Polícia Civil tem recebido denúncias de que esses dois presos mais recentes tiveram algum tipo de participação no crime em Goioerê.

O inquérito continua.

O objetivo é encontrar os corpos das vítimas.