Ato Pela Vida homenageia mulheres vítimas de feminicídio neste sábado (23)
Foto: Divulgação

Um ano sem Magó

Ato Pela Vida homenageia mulheres vítimas de feminicídio neste sábado (23)

Cidade por Letícia Tristão/GMC Online em 22/01/2021 - 08:08

Um ano após a morte da bailarina Magó, a manifestação terá passeata e homenagens artísticas.

O assassinato da bailarina Maria Glória Poltronieri Borges completa um ano no dia 25 de janeiro. Em homenagem à Magó e a outras mulheres que perderam a vida para o feminicídio, a manifestação “Ato Pela Vida - Um ano sem Magó”, será realizada neste sábado (23).

Segundo o pai da Magó, Maurício Borges, o encontro marca a luta contra o feminicídio. [ouça no áudio acima]

Haverá uma passeata saindo da Catedral de Maringá, às 15h, em direção ao Teatro Reviver Magó. Às 17h, haverá atos artísticos e homenagens.

A organização do encontro ressalta as medidas de segurança como uso obrigatório de máscaras, distanciamento social e distribuição de álcool em gel.

Serviço
O que: Ato Pela Vida - Um ano sem Magó
Quando: 23 de janeiro, sábado
Onde: Concentração na Catedral, às 15h

Monumento "Madeixas de Magó" criado pelo artista Paolo Ridolfi em homenagem a Maria Glória e instalado na Praça de Todos os Santos (foto: Luciana Peña/CBN Maringá)
Monumento "Madeixas de Magó" criado pelo artista Paolo Ridolfi em homenagem a Maria Glória e instalado na Praça de Todos os Santos (foto: Luciana Peña/CBN Maringá)