Sociedade Civil organizada pede conscientização da população
Imagem Ilustrativa | Foto: Rovena Rosa/Arquivo/Agência Brasil

Covid-19

Sociedade Civil organizada pede conscientização da população

Cidade por Letícia Tristão em 25/02/2021 - 15:35

O risco de colapso do sistema de saúde de Maringá mobilizou representantes de entidades para pedir que a população siga de forma mais rigorosa as medidas de segurança contra o coronavírus.

As medidas sanitárias e de segurança para evitar o contágio da Covid-19 são as mesmas desde o início da pandemia: uso de máscaras, distanciamento social, álcool em gel e higienização das mãos.

Mas os casos positivos continuam sendo registrados e o risco de colapso no sistema de saúde mobilizou as entidades que fazem um apelo a população: não relaxe.

O presidente da ACIM (Associação Comercial e Empresarial de Maringá), Michel Felipe, fez um pedido para evitar novas medidas restritivas na cidade. [ouça no áudio acima]

A presidente da OAB Maringá, Ana Cláudia Pirajá Bandeira, reforça aos associados que não é momento de aglomeração. [ouça no áudio acima]

Além dos anúncios de ocupação em 100% nos leitos de UTI de Maringá, muitos hospitais estão pedindo a população por meio de comunicados nas redes sociais que evite procurar o pronto atendimento se não for urgente porque os locais estão operando também no limite.

Quer enviar sugestão, comentário, foto ou vídeo para a CBN Maringá? Faça contato pelo WhatsApp (44) 99877 9550