Sem aulas presenciais, UEM terá projetos de extensão online
foto: arquivo/ASC/UEM

Calendário letivo suspenso

Sem aulas presenciais, UEM terá projetos de extensão online

Educação por Victor Simião em 08/05/2020 - 17:52

A adesão é voluntária. A decisão foi tomada em assembleia do Conselho de Ensino e Pesquisa. A Universidade Estadual de Maringá descartou aulas pela internet para os cursos presenciais. EAD, pesquisa e pós-graduação seguem com atividades remotas.
  

Após reunião que durou mais de 10 horas nessa quinta-feira (07), a Universidade Estadual de Maringá descartou a aplicação de aulas pela internet para os alunos dos cursos presenciais. Por outro lado, aprovou que projetos de extensão sejam transmitidos online, mas sem a obrigatoriedade de adesão. Desde março, a UEM está sem atividades presenciais, devido à Covid-19 e decretos estaduais. O ano letivo 2020 deveria ter iniciado em 06 de abril para os cursos presenciais, o que não aconteceu. 

Na quinta-feira, professores que compõem o CEP (Conselho de Ensino e Pesquisa) da instituição discutiram se aulas online deveriam ser dadas. O resultado final decidiu suspender o calendário letivo, uma parte do chamado calendário acadêmico.

Em vídeo divulgado pela UEM, o reitor, professor Julio Damasceno, falou sobre a decisão. E lembrou que aulas dos cursos de ensino a distância, pesquisa e pós-graduação seguem com as atividades remotas do mesmo jeito.

 

Lembre: ao sair de casa, use máscara. Clique aqui e saiba por que ela é importante.