PUC-PR encerra as atividades presenciais em Maringá em agosto
Universidade encerra as atividades presenciais em agosto em Maringá – Foto: Divulgação PUC-PR Maringá

Mudanças

PUC-PR encerra as atividades presenciais em Maringá em agosto

Educação por Fabio Guillen/GMC Online em 23/02/2021 - 20:03

A Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR) anunciou esta semana que deixará as atividades presenciais em Maringá a partir de agosto deste ano. O anúncio foi feito pelo vice-reitor da PUC-PR, Vidal Martins, em um vídeo publicado no site da universidade em Maringá. 

No vídeo, o vice-reitor informa que as atividades passarão a ser somente online a partir de agosto. Até lá as aulas presenciais continuarão para que os estudantes, professores e funcionários do campus possam se adequar às mudanças. 

Martins explica, no vídeo, que os estudantes que já estão cursando Direito, Psicologia e Administração, que são cursos presenciais, poderão estudar a partir de agosto na PUC-PR, campus Londrina. Segundo o vice-reitor, o custo de translado será por conta da universidade. 

“Aos estudantes dos cursos presenciais de Direito, Psicologia e Administração informamos que todos poderão concluir seus cursos presenciais na PUC Paraná tendo aulas presencialmente no campus de Londrina e recebendo o diploma PUC Paraná. Toda a logística do translado diário de Maringá para Londrina ficará sob responsabilidade da nossa universidade, inclusive o custeio dessa logística”, explicou o vice-reitor no vídeo publicado no site da universidade. 

Já aos estudantes do curso de Filosofia, o vice-reitor disse que está conversando com bispos da região. “Aos estudantes do curso de Filosofia, que são seminaristas vinculados a igreja católica, informamos que estamos dialogando com os bispos da região e com o nosso Grão-Chanceler, bispo dom Peruzzo, pra juntos definirmos uma estratégia de transição que atenda as necessidades da igreja porque somos uma Pontifícia Universidade Católica e temos o orgulho e o compromisso de servir a nossa igreja”, disse. 

O vice-reitor explicou ainda que poderá ocorrer demissões, mas que a universidade fará de tudo para recolocar os trabalhadores. “A manutenção das atividades de educação online em Maringá requer a manutenção de alguns postos de trabalho a partir de agosto. Para aqueles que não permanecerem nessas vagas estamos organizando um programa de recolocação dentro da própria PUC Paraná e no Grupo Marista como um todo”, disse o vice-reitor Vidal Martins. 

As atividades passarão a ser somente online a partir de agosto, mas até lá os estudantes e funcionários poderão agendar reuniões presenciais e individuais com a reitoria, de acordo com o vice-reitor Vidal Martins. O vice-reitor ainda explicou que o anúncio está sendo feito com um semestre de antecedência para que todos os casos possam ser vistos individualmente pela universidade. 

“Vamos fazer essa travessia juntos. Passado o desconforto inicial, temos certeza que todos ficarão bem. Antes de concluir, destaco que nada muda nesse semestre. Temos tempo para nos organizar. Também destaco que a PUC Paraná permanece em Maringá. Está apenas ajustando sua estratégia de operação”, encerrou o vice-reitor. 

Acesse GMC Online

 

Quer enviar sugestão, comentário, foto ou vídeo para a CBN Maringá? Faça contato pelo WhatsApp (44) 99877 9550