Para fechar trabalhos, CPI da Saúde quer ouvir presidente de conselho
Imagem Ilustrativa | Foto: Arquivo/CMM

Comissão

Para fechar trabalhos, CPI da Saúde quer ouvir presidente de conselho

Política por Victor Simião em 10/08/2020 - 16:08

Os vereadores que investigam uma afirmação do secretário Jair Biatto convocaram Carlos Rodrigues, presidente do conselho municipal de saúde de Maringá. Eles deve falar nesta terça-feira (11).

A CPI da Saúde, que investiga os gastos dos últimos 12 meses na Secretaria de Saúde de Maringá, convocou a última testemunha para ser ouvida. Carlos Rodrigues, presidente do conselho municipal de saúde, deve falar à comissão na reunião na tarde desta terça-feira (11). Ele foi convocado na sexta-feira passada (07). Após isso, os vereadores devem preparar o relatório final.

Na semana passada, o secretário de Saúde de Maringá, Jair Biatto, foi ouvido. Na avaliação de parlamentares consultados pela CBN, a afirmação de Biatto que motivou a CPI foi um mal-entendido, como o próprio mesmo falou. Em maio, Jair Biatto disse que o município pagava até três vezes mais na compra de produtos.

Ao longo dos trabalhos, a CPI solicitou relatórios, ouviu um empresário, dois secretários e um vereador.

Na terça, Biatto justificou gastos com horas extras e disse que os dois remédios comprados acima do preço de mercado - de uma lista de 25 - não geraram prejuízos aos cofres públicos.

O presidente da comissão, vereador Flávio Mantovani, disse que o depoimento do presidente do conselho de saúde deve fechar todas as pontas na área da saúde em Maringá. [ouça no áudio acima]

A CPI é composta por cinco vereadores. O relatório final pode apresentar culpados ou não, e deve ser aprovado pela comissão e pelo plenário da Câmara de Maringá.

O Ministério Público também apura o caso.