O Dia do Professor
Imagem ilustrativa/Pixabay/domínio público

Opinião

O Dia do Professor

Por Gilson Aguiar em 15/10/2019 - 08:49

Ele é lembrado hoje. Lamentável viver de lembranças. O professor se tornou uma retórica e uma ficção neste país. Não uma realidade que se tem como um sinônimo de mudança efetiva por ter as condições necessária para isso. O profissional que todos exaltam hoje será comemorado, não há dúvida. Autoridades irão falar dele e de sua importância. Muitos mestres serão lembrados. Dos professores primários aos do ensino-superior ou pós-graduação.

Receberemos hoje recados pela internet, postagem nas redes sociais e no whatsapp falando da importância do docente em nossas vidas. Mais uma vez, “parabéns” habitual sem mudança de condição. Parece que comemoramos todos os anos a lembrança de um “mártir vivo”. Herói sem causa.

Vale lembrar que a profissão também não endeusa. Traz consigo gente boa e ruim, um ser humano normal. Pela desvalorização constante costuma ter em seus “quadros” pessoas de má índole. O ser “professor” não abençoa a má conduta. Como alguns médicos, padres, pastores, ser professor já esteve ligado a má conduta.

Por isso, gostaria de lembrar da face humana do professor. Daquele que em regra optou pela profissão mesmo sabendo da baixa remuneração. E que olha para os lados e encontra parceiros que optaram por não terem outra opção. Professores que todos os dias se tornam reféns da má educação que buscam combater. E que muitos dos mal-educados são colegas de trabalho, frequentam a mesma instituição.

Queria homenagear hoje o professor que luta contra o preconceito, enfrenta dilemas na relação com seus alunos, busca superar a discriminação que ele mesmo sofre. Muitos professores ao se apresentarem são vistos como um fracasso. Na proporção que a sociedade rejeita homossexuais, mulheres, afrodescendentes, idosos, as vezes a profissão é rotulada e ser docente tem sua marginalização.

Logo, não vou deixar de parabenizar a função, o trabalho de muitos profissionais de buscar romper com a ignorância e dar oportunidade aos que são ignorados. Amo ser docente na proporção em que me tornei um. Conviver com pessoas e colaborar para o aprimoramento humano e todas as consequências que isso pode gerar é fantástico. Há resultado. Muitos dos alunos com quem convivi cresceram e se tornaram plenos. Mas nunca deixaram de ser humanos. Por se educa “seres humanos”.

Parabéns a todos os professores e em especial a aqueles que conseguem todos os dias entender a importância que o bom profissional tem. Mais que isso, que por de trás de uma pessoa com qualidades profissionais há professores. Que os de bom caráter tiveram educadores em casa, pais. Entendem que a educação não é somente a escola, a sala de aula, é todos os dias. Que ser professor é coisa que muitos são sem o rótulo da profissão.

Então, hoje é dia de homenagear a todos os EDUCADORES. A todos que de certa forma são professores, e mudam pessoas e não ficam lamentando a dificuldade da profissão. Ela existe, e nem por isso deixam de fazer o que deve ser feito, mudar e buscar solução onde todos cultuam e se beneficiam de problemas.

 

Player Ouça

Notícias da mesma editoria