Maringá recebeu mais de 6 mil declarações do imposto de renda além da estimativa
Foto Ilustrativa : Marcelo Camargo/Agência Brasil

IRPF

Maringá recebeu mais de 6 mil declarações do imposto de renda além da estimativa

Economia por Victor Ramalho em 02/06/2022 - 13:58

Segundo dados da delegacia da Receita Federal de Maringá, foram transmitidas 117.765 declarações de contribuintes maringaenses. O número estimado inicialmente era de 111.200 declarações aguardadas para 2022. O órgão explica o que os contribuintes que perderam o prazo devem fazer.

Se encerrou na última terça-feira (31) em todo o Brasil, o prazo final para a entrega das declarações do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2022. O Paraná bateu um recorde declarações processadas. Foram mais de 2,3 milhões em todo o Estado, número 7% superior ao registrado em 2021.

E Maringá também recebeu declarações além do estimado pela superintendência da Receita Federal, em Brasília, no começo do ano. Segundo o órgão, 111.200 maringaenses deveriam acertar as contas com o leão, mas conforme um levantamento da delegacia da Receita Federal de Maringá, divulgado nessa quarta-feira (1º), foram 117.765 declarações processadas, 6.565 declarações além do previsto.

De acordo com o delegado da Receita Federal de Maringá, Marcos Wanderley de Souza, alguns motivos explicam o número excedente. O principal deles seria uma defasagem na tabela do Imposto de Renda. Mas há também contribuintes que não eram obrigados a declarar, mas enviaram a declaração após realizarem operações na bolsa de valores. [ouça no áudio acima]

Quem perdeu o prazo encerrado no dia 31 de maio, ainda precisa enviar a declaração e realizar o pagamento de uma multa, que varia conforme cada caso. [ouça no áudio acima]