Ipem-PR fiscaliza 130 bombas de combustíveis em Maringá
Imagem Ilustrativa | Foto: Arquivo/IPEM-PR

Verificação

Ipem-PR fiscaliza 130 bombas de combustíveis em Maringá

Economia por Letícia Tristão em 07/04/2021 - 16:42

Duas foram interditadas por apresentar erro no fornecimento ao consumidor. Ação nacional do Inmetro incluiu cinco postos de cidades da região na lista para serem vistoriados.

Na hora de abastecer o veículo, os consumidores precisam ficar atentos do início ao fim, para conferir se está tudo ok e evitar dores de cabeça.

Entre os dias 25 e 31 de março, o Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia) convocou uma fiscalização nacional nas bombas de combustíveis dos postos do país, para verificar se há algum erro nas bombas na hora de abastecer.

Cinco postos da regional de Maringá do Ipem-PR (Instituto de Pesos e Medidas do Paraná), que abrange 109 municípios, estavam nessa lista. Os postos eram das cidades de Mandaguari, Nova Esperança e Peabiru, além de Maringá. Nesses cinco postos, 67 bombas medidoras foram vistoriadas, dessas, 12 foram reprovadas e 6 interditadas.

Com isso, o Ipem-PR iniciou uma fiscalização geral, em outros estabelecimentos das cidades da regional. Um total de 286 bombas de combustível foram fiscalizadas, 77 foram reprovadas e 10 autuações foram aplicadas pelo Ipem-PR, por identificar erro no fornecimento do combustível ao consumidor.

Somente em Maringá, 130 equipamentos foram fiscalizados. Desses, dois foram interditados por terem apresentado erro contra o consumidor, ou seja, quando o instrumento fornece combustível a menos do que o indicado nos marcadores. O limite permitido pelo Inmetro é de 60 ml em 20 litros de combustível. É o que explica o gerente regional do Ipem-PR, Michel Ravazi. [ouça o áudio acima]

Segundo ele, as interdições podem gerar multa que podem variar entre R$ 100,00 e R$ 1,5 milhão, dependendo do prejuízo causado ao consumidor. [ouça o áudio acima]

A orientação é que o consumidor acompanhe o abastecimento do veículo do início ao fim e fique atento. [ouça o áudio acima]

Em todo o Paraná, foram verificados 868 bicos das bombas de combustíveis, com 291 reprovados, em nove cidades citadas pela ação nacional do Inmetro.

O Ipem-PR informou que não tem autorização para divulgar o nome dos postos fiscalizados.

Quer enviar sugestão, comentário, foto ou vídeo para a CBN Maringá? Faça contato pelo WhatsApp (44) 99877 9550