Gasolina maringaense se mantém como a mais cara do estado
Imagem Ilustrativa/EBC

ANP

Gasolina maringaense se mantém como a mais cara do estado

Por Carina Bernardino em 29/07/2019 - 17:05

Já o preço do litro do etanol, é o sétimo maior do Paraná. As informações constam na nova pesquisa da Agência Nacional do Petróleo. 

Player Ouça o boletim

Pela segunda semana consecutiva, a gasolina comercializada nos postos de combustíveis de Maringá foi considerada a mais cara do Paraná. A informação consta no novo boletim semanal da ANP (Agência Nacional do Petróleo Gás Natural e Biocombustíveis), que fez a pesquisa em 29 municípios paranaenses. Ao todo, foram 376 estabelecimentos pesquisados, sendo 17 na cidade maringaense. Aqui, o preço médio encontrado foi de R$ 4,43, um centavo a menos comparado com a semana anterior. No entanto, a margem de lucro, segundo a ANP, é de R$ 0,63 centavos por litro de gasolina comercializado na cidade. Neste item, Maringá ocupa a segunda colocação no ranking estadual. É que a maior margem de lucro ocorre em estabelecimentos localizados no município de Cornélio Procópio, que tem lucro médio de R$ 0,67 por litro de gasolina, de acordo com o levantamento. O menor preço do litro da gasolina encontrado no Paraná nesta nova pesquisa da ANP foi de R$ 3,92 em postos de Curitiba. Em relação ao etanol, a ANP realizou a pesquisa em 154 postos paranaenses. Em Maringá, o preço médio do litro do etanol, que é de R$ 2,93, é o sétimo maior do estado. Paranaguá lidera o ranking do etanol mais caro, com média de R$ 3,06. Já a cidade de Arapongas, na região Norte, tem o menor preço médio estadual, de R$ 2,64 o litro do etanol, também segundo a pesquisa. 

Notícias Relacionadas

Notícias da mesma editoria