Duas candidaturas para cargo de vereador são indeferidas em Maringá
Imagem Ilustrativa/Foto: Marcello Casal Jr./Arquivo/Agência Brasil

Justiça

Duas candidaturas para cargo de vereador são indeferidas em Maringá

Eleições 2020 por Victor Simião em 29/10/2020 - 16:54

Uma delas foi do PT, que terá uma pessoa a menos na chapa. Outra, do PSD, que irá manter a candidatura e recorrer na Justiça. Outras seis pessoas desistiram da disputa para o cargo na cidade.

A Justiça Eleitoral impugnou a candidatura de duas pessoas que tentavam concorrer ao cargo de vereador em Maringá. A decisão é relativa a um concorrente pelo PT e a uma concorrente pelo PSD. Em ao menos um dos casos o advogado responsável irá recorrer.

Ao todo, 414 pessoas se registraram para disputar uma vaga na Câmara Municipal. Seis desistiram - em um dos casos, houve troca de candidatos.

Em relação ao PT, o candidato Cícero Jabá foi impugnado pela Justiça porque descumpriu uma regra eleitoral. Conforme a sentença, acessada pela CBN nesta quinta-feira (29), ele se filiou à sigla no dia 15 de junho de 2020 - menos de seis meses da data da eleição, o que não é permitido por uma resolução do Tribunal Superior Eeleitoral de 2019.

Agora, não pode haver substituição de candidato.

Por conta disso, dos 23 postulantes do PT à Câmara registrados inicialmente, restam 21. É que, além da impugnação, outra concorrente renunciou à disputa.

Quanto ao PSD, a candidata Carmem Silva teve o pedido de impugnação feito pelo Ministério Público Eleitoral. Ex-servidora pública, ela foi demitida após processo administrativo, conforme consta em documento acessado pela CBN .

Houve uma tentativa da defesa solicitando o registro, que não foi atendido pela Justiça. Na sentença, a juíza responsável citou a lei que deixa como inelegível por oito anos quem foi demitido do serviço público após processo administrativo.

A CBN entrou em contato com a defesa da candidata. A informação é de que o eles irão recorrer. A explicação do advogado Vitor Borghi é que o nome dela irá aparecer na urna, podendo ser votada. Se o recurso for aceito pela Justiça, os votos serão computados. Caso contrário, serão anulados.

Além dos dois indeferimentos, seis candidatos renunciaram: Ademir Vanzo (PSD), Adriana Candil (PT), Compadre Antônio Luiz (PSB), Fernanda Trautwein (Avante), Juarez Firmino (Podemos) e Rodrigo Valério (PSDB). Fernanda Trautwein (Avante) foi substituída por outra candidata.

A Câmara de Vereadores de Maringá tem 15 cadeiras.

Mais informações podem ser obtidas no site divulgacandcontas.tse.jus.br.