Dr. Jamal, eleito para integrar CPI da Saúde, renuncia
Vereador Dr. Jamal | Foto: CMM

Legislativo

Dr. Jamal, eleito para integrar CPI da Saúde, renuncia

Política por Luciana Peña em 28/05/2020 - 11:50

Ele justificou que é médico e não tem tempo para participar das reuniões que serão sempre às terças-feiras, às 15h. O problema é que ninguém mais quer participar da comissão. E com quatro integrantes CPI pode ficar inviável.

Os integrantes da CPI da Saúde, que vai investigar as compras feitas pela Secretaria de Saúde de Maringá, nos últimos 12 meses, se reuniram pela primeira vez nesta quinta-feira.

Foram definidos oficialmente o presidente e o relator, que são os vereadores Flávio Mantovani e Sidnei Telles.

Mantovani, explicou o que ocorreu nesta primeira reunião.[ouça no áudio acima]

O vereador Dr Jamal justificou que não quer participar da CPI porque é médico, e não tem tempo de participar das reuniões. Além disso, não se sentiria muito à vontade porque é da área. Mas diz que pode ajudar a CPI mesmo estando fora.[ouça no áudio acima]

Sobrou para o presidente da Câmara, Mario Hossokawa,  que vai ter que escolher o quinto integrante da CPI. [ouça no áudio acima]

O problema de uma CPI com quatro integrantes é o empate numa votação.


 

 Ao sair de casa, USE máscara. Clique aqui e saiba por que ela é importante.