Diploma não é o futuro
CBN Maringá

Opinião

Diploma não é o futuro

O comentário de Gilson Aguiar por Gilson Aguiar em 17/06/2022 - 09:01

O país tem no ensino técnico uma solução para o futuro. Ter uma habilidade profissional que possa ser aprimorada ao longo do tempo daria a muitos jovens um futuro. Hoje eles não têm. Estão desenhando um “amanhã” amargo com a sombra do desemprego.

Pesquisa feita pelo Itaú Educação e a Fundação Roberto Marinho aponta que a maioria dos estudantes gostaria de ter ensino técnico em conjunto com o Ensino Médio, mas de 70%. Também, consideram que a carreira técnica seria uma oportunidade, mas de 60%.

Na Europa, metade dos estudantes optam pela carreira técnica para o futuro de sua vida. No Brasil o percentual é bem menos, 8%.

Ainda temos a mania de considerar que o ensino superior será mais seguro e nos dará a inserção social que desejamos. Isto é ilusão. Parte considerável das profissões que as universidades formam não existiram nos próximos dez anos. Mais que isso, 60% dos jovens que se formam não atuaram na sua carreira profissional.

O país já apresenta dificuldade de crescimento econômico por falta de mão de obra qualificada. Muitas empresas anulam projetos futuros por não ter pessoas que executem as atividades específicas.

Logo, a qualificação técnica é importante para as pessoas e para as empresas. Sem esta qualificação estamos comprometendo o futuro das pessoas e dos negócios. 

Quer fazer contato com Gilson Aguiar, encaminhar uma sugestão? Envie uma mensagem para o WhatsApp da CBN Maringá. O número é (44) 99877 9550