Descarte irregular de resíduos sólidos pode render multa de até R$ 50 milhões
Trabalhadores recolhem lixo jogado em área de fundo de vale, em Curitiba | Foto para ilustração: Luiz Costa/SMCS/Prefeitura de Curitiba (2006)

Meio Ambiente

Descarte irregular de resíduos sólidos pode render multa de até R$ 50 milhões

Meio Ambiente por Luciana Peña em 12/05/2020 - 11:14

A Secretaria de Serviços Públicos recolhe por dia 5 toneladas de material jogado em canteiros centrais e fundos de vale. Para cada resíduo, há uma forma correta de descarte.


 

Você sabe onde descartar cada resíduo sólido que você tem armazenado na sua casa?

Pilha, bateria, lâmpada fluorescente, sucata eletrônica, vidros…. A maior parte do lixo reciclável que a gente produz, como papel e embalagens plásticas,  vai embora com a coleta seletiva. 

O restante tem que ter um destino correto, sem prejuízo ao meio ambiente.  Para os vidros, por exemplo, há pontos de coleta em paróquias, no Tiro de Guerra e no quartel do 4º Batalhão da Polícia Militar.

Mas a população ainda insiste em jogar lixo em locais públicos como praças, fundos de vale e canteiros centrais, um risco para a saúde pública. E este comportamento é crime, que pode ser punido com multa que varia de R$ 5 mil a R$ 50 milhões. É o que diz o secretário de Serviços Públicos, Roberto dos Anjos Padilha.[ouça no áudio acima]

Todo dia os servidores da Semusp recolhem até 5 toneladas de resíduos descartados de forma irregular. Muita gente descarta fogão, geladeira, sofás, móveis usados e velhos que não servem para mais nada. Neste caso o correto é contratar o serviço de caçamba, diz o secretário. [ouça no áudio acima]

A cidade terá cinco ecopontos para receber material inservível. Um dos ecopontos está em fase de conclusão, no Jardim Piatã.


Ao sair de casa, USE máscara. Clique aqui e saiba por que ela é importante.