Delegado pedirá arquivamento no caso de empresário morto no Natal
André Borges Soares | Foto: Reprodução/Facebook

Crime em Maringá

Delegado pedirá arquivamento no caso de empresário morto no Natal

Segurança por Victor Simião em 21/02/2020 - 15:44

André Borges Soares e os criminosos que tentaram assaltar a casa da vítima morreram num confronto no dia 25 de dezembro do ano passado.

 

 

O delegado Luiz Henrique Vicentini, da Polícia Civil de Maringá, irá pedir o arquivamento do inquérito da morte do empresário André Borges Soares. A vítima tinha 47 anos e foi morta em casa, após confronto armado com dois criminosos. Soares e os assaltantes Alexis dos Santos, de 25 anos, e Gabriel Gomes, de 19 anos, morreram no local. O crime aconteceu no dia 25 de dezembro de 2019, em Maringá. 

Após quase dois meses de investigação, o delegado aguarda a chegada de apenas mais um laudo. O caso está sendo tratado como latrocínio, ou seja, roubo seguido de morte. E o processo deve ser arquivado porque não há informações que apontem para outro motivo. 

Havia a suspeita de um terceiro criminoso, mas essa possibilidade foi descartada, diz o delegado Luiz Henrique Vicentini.

A esposa da vítima foi baleada no tornozelo esquerdo. O depoimento dela não apontou para  possíveis problemas do marido que indicassem algum vínculo entre os criminosos e a vítima.