Decisão sobre volta às aulas na UEM de forma remota ocorre na quarta (15)
Foto: Divulgação/Assessoria/UEM

Ensino Superior

Decisão sobre volta às aulas na UEM de forma remota ocorre na quarta (15)

Educação por Victor Simião em 13/07/2020 - 17:42

A partir das 14h, membros do Conselho de Ensino e Pesquisa (CEP) discutem uma proposta de retorno gradual e online. Em resumo, o ensino voltaria a partir de 03 de agosto. Essa ideia já foi aprovada na semana passada na Câmara de Graduação e recebeu poucas alterações.

Neste ano, devido à Covid-19, a Universidade Estadual de Maringá não deu início às atividades letivas 2020. Dentro do CEP pode haver outras modificações ou mesmo a recusa da proposta. Entretanto, a partir do que tem sido discutido internamente na instituição, é mais provável que o volta às aulas seja aprovado.

Os responsáveis pela iniciativa não chamam a proposta de Ensino a Distância porque consideram a medida emergencial - por isso o uso do termo “aulas remotas”. Uma pesquisa para saber como é o acesso dos alunos à internet às tecnologias foi feita e deve ser divulgada nesta terça-feira (14). O Conselho de Ensino e Pesquisa é formado por coordenadores dos cursos de graduação e pós-graduação. A UEM tem em torno de 20 mil alunos.