Covid-19: veja os dados do boletim desta segunda-feira (18), em Maringá
Imagem Ilustrativa/Pixabay/Domínio Público

Atualização

Covid-19: veja os dados do boletim desta segunda-feira (18), em Maringá

Saúde por Lethícia Conegero/GMC Online em 18/05/2020 - 21:19

O número de casos confirmados de Covid-19, em Maringá, subiu para 183, segundo boletim divulgado pela Prefeitura de Maringá na noite desta segunda-feira (18)

Nesta segunda, foram 27 confirmações, sendo 18 delas relacionadas ao surto de coronavírus no Hospital Psiquiátrico de Maringá.

A instituição registrou, no total, 30 casos positivos - 18 de residentes de Maringá (que constam neste boletim) e 12 de moradores de fora. Dos 6 casos internados entre os positivos, 2 estão na UTI e 4 na enfermaria.

O documento divulgado pela prefeitura corrige, ainda, um dado informado no boletim de domingo, 17: 4 notificações de confirmados eram de residentes de outras cidades.

Os casos confirmados dos pacientes que não estão no Hospital Psiquiátrico se referem a 2 crianças (1,9 e 3 anos), 3 mulheres (38, 42 e 61 anos) e 4 homens (25, 39, 43 e 72 anos).

Os perfis dos 18 maringaenses que tiveram diagnóstico positivo no Hospital Psiquiátricos serão divulgados em breve, de acordo com a prefeitura.

Ainda segundo o boletim, o número de óbitos permanece seis e 103 pessoas já venceram a doença na cidade.

Sesa

O boletim da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) desta segunda-feira, 18, indica 92 casos confirmados do novo coronavírus em Maringá e 55 recuperados. O número de óbitos é o mesmo divulgado pela Prefeitura. Os casos em investigação somam 160.

Na 15ª Regional de Saúde de Maringá, que abrange 30 municípios da região, o coeficiente de incidência de Covid-19, ou seja, número de casos confirmados por um milhão de habitantes, é 152. O número está abaixo da incidência nacional. Já o coeficiente de mortalidade (óbitos por um milhão de habitantes), é oito, também abaixo da incidência no país.

Acesse GMC Online

 

Precisa sair de casa? Use máscara. Clique aqui e saiba por que ela é importante