Conta de luz de agosto terá taxa extra, alerta Aneel
Agência Brasil

Aviso

Conta de luz de agosto terá taxa extra, alerta Aneel

Por Carina Bernardino em 26/07/2019 - 18:58

Bandeira tarifária vermelha tem custo de R$ 4 para cada 100 quilowatts-hora consumidos. Neste mês, as tarifas tiveram bandeira amarela, também com custo adicional para o consumidor. Aumento ocorre em momentos de escassez de energia

 

Player Ouça

A bandeira tarifária de agosto será a vermelha patamar 1, segundo a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica). O anúncio foi divulgado na tarde desta sexta-feira (26) e a cobrança extra na conta de luz inicia no dia primeiro do próximo mês. Na prática, isto significa que em agosto o custo extra na conta de luz será de R$ 4 para cada 100 quilowatts-hora consumidos.

Neste mês, a bandeira tarifária foi a amarela, com acréscimo de R$ 1,50 para cada 100 quilowatts-hora consumidos. Nos meses anteriores, as bandeiras foram da cor verde, sem acréscimos no preço. A justificativa para o acionamento da bandeira vermelha patamar 1 está na escassez da energia.

De acordo com a Aneel, agosto é um mês típico da estação seca nas principais bacias hidrográficas do SIN (Sistema Interligado Nacional) e a previsão hidrológica para o mês sinaliza vazões abaixo da média histórica e tendência de redução dos níveis dos principais reservatórios brasileiros. Por conta disto, há uma demanda maior pelas termelétricas, que influencia no aumento do preço da energia. Para o consumidor final, o aviso da bandeira vermelha é um alerta para redução no consumo de energia.

As dicas de economia são: tomar banhos mais curtos; selecionar a temperatura morna do chuveiro no verão; não deixar portas e janelas abertas em locais com ar condicionado; manter os filtros limpos; diminuir ao máximo o tempo de utilização do aparelho de ar condicionado; só deixar a porta da geladeira aberta o tempo que for necessário; regular a temperatura interna de acordo com o manual de instruções; nunca colocar alimentos quentes dentro da geladeira; não forrar as prateleiras da geladeira; utilizar iluminação natural ou lâmpadas econômicas e apagar a luz ao sair de um cômodo; juntar roupas para passar de uma só vez; separar as roupas por tipo e começar por aquelas que exigem menor temperatura e retirar os aparelhos da tomada quando possível ou durante longas ausências.

Outras informações no site www.aneel.gov.br.

Notícias Relacionadas

Notícias da mesma editoria