Casal é preso acusado de torturar bebê recém-nascido em Marialva
Foto: Ilustrativa/AEN

Nariz queimado

Casal é preso acusado de torturar bebê recém-nascido em Marialva

Segurança por Fabio Guillen/GMC Online em 22/01/2021 - 15:39

Um casal foi preso pela Polícia Militar (PM) acusado de agredir e torturar o próprio filho, um bebê de apenas 9 meses de idade, em Marialva, na região metropolitana de Maringá. A avó teria ido fazer uma visita à criança e flagrou o menino com o nariz queimado e com uma suposta fratura na perna. 

A avó acionou o Samu e a equipe constatou que a criança tem uma fratura no fêmur e foi encaminhada para um hospital de Maringá. 

De acordo com o delegado que investiga o caso, Rodolfo Vieira, o pai, de 18 anos, a mãe, de 22 anos, e a avó estão sendo ouvidos na tarde desta sexta-feira (22), na Delegacia de Marialva. A avó será liberada, mas o casal permanecerá preso. 

O delegado confirmou que o casal vai responder pelo crime de tortura pois a criança tem uma queimadura no nariz que possivelmente foi causada por um isqueiro.

Acesse o GMC Online

 

Quer enviar sugestão, comentário, foto ou vídeo para a CBN Maringá? Faça contato pelo WhatsApp (44) 99877 9550