Briga de casal que terminou em incêndio em Maringá começou por dinheiro, diz polícia
Ocorrência mobilizou policiais e Bombeiros em Maringá – Foto: GMC Online

Depoimento

Briga de casal que terminou em incêndio em Maringá começou por dinheiro, diz polícia

Segurança por Fabio Guillen/GMC Online em 11/02/2021 - 16:51

Após briga do casal, o homem teria agredido a mulher e ateado fogo em um colchão no apartamento. A mulher foi ferida mas conseguiu fugir. Depois de horas de negociação, ele se entregou a polícia e foi internado na ala psiquiátrica do Hospital Municipal.

A briga de casal que terminou em um incêndio em um apartamento, em Maringá, começou por causa de dinheiro, segundo informações da Polícia Civil na tarde desta quinta-feira (11).

Segundo o delegado que investiga o caso, Adriano Garcia, a jovem teria pedido ao namorado para que ele se dedicasse mais em procurar um emprego na área dele, de medicina veterinária, pois ela estava com dificuldades para manter o lar sozinha.

Ainda segundo o delegado Garcia, a vítima disse que antes de atear fogo no apartamento, o namorado a agrediu e tentou matá-la dentro do imóvel. O crime só não teria sido concluído porque ela conseguiu fugir, deixando ele preso no apartamento.

O homem, de 28 anos, foi preso em flagrante e encaminhado para atendimento médico no Hospital Municipal de Maringá, onde permanece na ala psiquiátrica. Ele será indiciado pelos crimes de feminicídio, incêndio, lesão corporal e ameaça. [ouça no áudio acima]

Assim que receber alta, segundo a polícia, será encaminhado para a Delegacia de Maringá, onde será interrogado pelo delegado que investiga o caso. [ouça no áudio acima]

O crime aconteceu na última terça-feira (9), em um prédio que fica na Rua Osvaldo Cruz, na Zona 7, em Maringá. Após briga do casal, o homem teria agredido a mulher e ateado fogo em um colchão no apartamento, que fica no quarto andar do prédio.

Equipes do Corpo de Bombeiros e da PM foram acionadas por volta das 16h20, e se depararam com o imóvel em chamas. O incêndio foi controlado rapidamente pelos bombeiros. A mulher conseguiu fugir do local e precisou de atendimento médico.

No entanto, o homem, que estava armado com duas facas, pulou para o apartamento vizinho pela sacada, ameaçando tirar a própria vida. Por volta das 20h45, após cerca de quatro horas de negociação, ele se entregou à PM. O autor foi atendido pelos socorristas do Samu que estavam no local e, em seguida, encaminhado para o hospital.

Com a colaboração de Letícia Tristão.

 

Quer enviar sugestão, comentário, foto ou vídeo para a CBN Maringá? Faça contato pelo WhatsApp (44) 99877 9550