Bombeiros usam drones no 5º dia de buscas no Rio Ivaí; duas pessoas seguem desaparecidas
Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros

São João do Ivaí

Bombeiros usam drones no 5º dia de buscas no Rio Ivaí; duas pessoas seguem desaparecidas

Paraná por Monique Manganaro/GMC Online em 22/07/2021 - 11:15

As buscas às vítimas do acidente de barco no Rio Ivaí, que aconteceu no último domingo (18), entraram no quinto dia. Nesta quinta-feira (22), o trabalho foi retomado no início da manhã e as equipes ganharam mais um reforço: drones. 

De acordo com o Corpo de Bombeiros, os socorristas que estão no local vão intensificar as buscas na área onde foram encontrados quatro corpos nessa quarta-feira (21). O trecho do rio onde as vítimas foram localizadas fica próximo ao ponto onde está instalada a base de operações das equipes. 

Além disso, os profissionais também farão buscas na região de mata em volta do rio. Os drones poderão auxiliar as equipes em todo o espaço delimitado para buscas. 

Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros
Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros

Os bombeiros agora trabalham para localizar as duas últimas vítimas do acidente de barco: Nicolas Pacagnan Fernandes, de 8 anos, e Patrícia Miranda da Silva, de 33 anos. 

Nicolas estava no barco acompanhado do pai, Adalberto Fernandes Galice, de 42 anos, e da irmã mais nova, Sophia Pacagnan Fernandes, de 4 anos, cujos corpos já foram localizados

Patrícia estava acompanhada do marido, Alberony Menegassi de Souza, de 41 anos, e da filha Heloísa Menegassi de Souza, de 3 anos. Os corpos de Alberony e Heloísa também já foram localizados. 

As quatro vítimas resgatadas nesta quarta-feira começaram a ser veladas nesta quinta. Adalberto e Sophia estão sendo velados na capela do Sistema Prever no Jardim Alvorada, em Maringá. Já o velório de Alberony e Heloísa ocorre a partir das 10h na capela do distrito de Jacutinga, em Ivaiporã. 

A tragédia 

O acidente aconteceu no Rio Ivaí, no distrito de Ubaúna, em São João do Ivaí. Segundo relato dos sobreviventes aos bombeiros, o motor do barco parou de funcionar perto de uma região conhecida como Salto dos 3 Poços. Sem motor, o barco teria sido levado pela correnteza e virou logo depois. Das nove pessoas que estavam no barco, somente três conseguiram sair. 

É um casal e uma criança, de 3 anos, moradores de Sarandi. O casal conseguiu se segurar no barco tombado e a criança se pendurou no pescoço da mãe, segundo informações do próprio casal ao GMC Online. Eles conseguiram chegar no barranco e foram resgatados por moradores locais. A criança estava com quadro de hipotermia, devido ao frio, mas foi socorrida e já recebeu alta.

A família comemorava um aniversário em uma chácara quando decidiram dar uma volta de barco no rio Ivaí.

De acordo com os Bombeiros, nenhum ocupante usava colete salva vidas no momento do acidente. Além disso, o barco tinha capacidade para somente quatro pessoas e o piloto não era habilitado, ainda segundo os Bombeiros. A Polícia Civil de São João do Ivaí abriu um inquérito para apurar as causas do acidente e as condições da embarcação.

Acesse GMC Online

 

Quer enviar sugestão, comentário, foto ou vídeo para a CBN Maringá? Faça contato pelo WhatsApp (44) 99877 9550