Projeto de lei institui que  mulheres terão prioridade em usar Meu Campinho às quartas-feiras
Foto: Arquivo/PMM

Legislativo

Projeto de lei institui que mulheres terão prioridade em usar Meu Campinho às quartas-feiras

Política por Luciana Peña em 19/10/2021 - 08:20

O objetivo é criar uma cultura de compartilhamento do espaço público, porque as jogadoras de futebol não estão conseguindo usar os espaços ocupados a maior parte do tempo por homens.

Maringá tem muita jogadora de futebol. Basta ver que o torneio de futsal feminino organizado pela Secretaria da Mulher como parte das atividades do Outubro Rosa já tem 160 inscritas.

E Maringá tem uma ampla estrutura pública para a prática do esporte. São 20 complexos de esporte e lazer ‘Meu Campinho’. Mas as mulheres não estão conseguindo usufruir destes espaços.

Na maior parte do tempo os campinhos são ocupados por homens. As equipes femininas precisam alugar campos particulares para treinar.

Dirigentes esportivos procuraram a Câmara Municipal com a queixa e nesta terça-feira (19), os vereadores votam um projeto que institui a quarta-feira como dia prioritário para meninas e mulheres utilizarem os campinhos. A vereadora Ana Lúcia Rodrigues é a autora da lei. [ouça o áudio acima]

Como o objetivo é a cultura do compartilhamento do espaço público, um dia apenas da semana será suficiente. [ouça o áudio acima]

O projeto recebeu nas redes sociais o apoio da primeira goleira de handebol da seleção brasileira, Margareth Piorezan, a Meg. [ouça o áudio acima]

 

Quer enviar sugestão, comentário, foto ou vídeo para a CBN Maringá? Faça contato pelo WhatsApp (44) 99877 9550