Procon notifica postos de combustíveis para identificar aumento abusivo de preços
Foto: Luciana Peña/CBN Maringá

Economia

Procon notifica postos de combustíveis para identificar aumento abusivo de preços

Economia por Luciana Peña em 14/01/2022 - 11:42

Pelo menos cinco denúncias de aumento de preços logo após anúncio de alta da Petrobras chegaram aos fiscais. Mas todos os postos de Maringá serão notificados para apresentar notas de compra e venda.  A operação similar no ano passado gerou 80 processos administrativos. 

Na última terça-feira (11) a Petrobras anunciou alta no preço da gasolina e do diesel.

Na quarta-feira (12), consumidores procuraram o Procon de Maringá denunciando que alguns postos reajustaram os preços logo depois do anúncio. Esse tipo de denúncia tem se tornado comum.

No ano passado, o Procon abriu 80 procedimentos administrativos. Nesta sexta-feira (14), os fiscais foram às ruas para notificar os postos da cidade. Eles terão que apresentar notas fiscais de compra e venda de combustíveis.

O valor dos combustíveis não é tabelado pelo Governo. Mas os postos não podem aproveitar o anúncio de aumento para reajustar preços. O reajuste tem que ser aplicado ao estoque comprado com preço novo.

A coordenadora do Procon, Patrícia Parra, diz que o objetivo da ação é acabar com essa prática na cidade. [ouça o áudio acima]

O consumidor que foi lesado pode procurar o Procon com nota fiscal da compra do combustível e documentos pessoais para abertura de processo e pedido de devolução do valor pago injustamente.A partir daí o processo será analisado.

Quer enviar sugestão, comentário, foto ou vídeo para a CBN Maringá? Faça contato pelo WhatsApp (44) 99877 9550