Plano de Arborização passa por comissão e agora segue para o Comdema
Divulgação/PMM

Cidade

Plano de Arborização passa por comissão e agora segue para o Comdema

Meio Ambiente por Carina Bernardino em 11/03/2019 - 18:44

Depois, o documento será disponibilizado em consulta pública e, por último, será enviado à Câmara Municipal.

A comissão de elaboração do Plano de Gestão de Arborização de Maringá, composta por 40 profissionais, aprovou nessa segunda-feira (11) a versão final do documento. Agora, falta a análise do Condema -  Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente de Maringá e, depois, a consulta pública e votação do documento na Câmara Municipal. Na semana passada, em entrevista à CBN, o engenheiro florestal da secretaria de Meio Ambiente e Bem-Estar Animal, Maurício Sampaio, falou sobre a importância do Plano de Arborização para o município. Ouça um trecho da entrevista. 
 
O Plano de Arborização de Maringá terá validade de 20 anos, sendo que a cada cinco anos ele terá que ser revisado. No documento, foram considerados as características física, econômica, social e ambiental do município. Segundo a prefeitura, Maringá tem 123 mil árvores de 132 espécies. No Plano, ficou definido que a cidade vai trabalhar, nos próximos anos, com o plantio de apenas 74 espécies.