Petrobras anuncia 1º aumento da gasolina e do diesel em 2022
Imagem Ilustrativa | Foto: Arquivo/Agência Brasil

Combustível

Petrobras anuncia 1º aumento da gasolina e do diesel em 2022

Economia por Luciana Peña em 12/01/2022 - 10:00

Em Maringá, postos devem repassar aumento nessa quinta-feira (13). Consumidores reclamam e empresário do setor ouvido pela reportagem diz que sem anúncio outros reajustes foram aplicados ao preço do combustível neste mês de janeiro.

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) faz pesquisa de preços de combustíveis semanalmente.

Na primeira semana do ano, de 2 a 8 de janeiro, a pesquisa apontou um preço médio de R$ 6,56 no litro da gasolina comum em Maringá. O menor preço encontrado foi R$ 6,50 e o maior preço R$ 6,79.

Nessa terça-feira (11) a Petrobras anunciou um aumento de preço nas refinarias. O primeiro em 77 dias e o primeiro do ano, segundo a estatal.

O empresário Paulo Vital, dono de uma rede de postos, diz que nessa quinta-feira (13) deve receber estoque novo com o valor reajustado, que será repassado para o consumidor.

O litro da gasolina deve subir 17 centavos e do diesel 27 centavos. [ouça o áudio acima]

O empresário diz que neste começo de ano já comprou combustível com aumento de preço. Um reajuste que não teria sido anunciado pelo Governo.

O reajuste veio da distribuidora, mas com a justificativa de que a Petrobras estaria ajustando os preços à cotação do petróleo no mercado internacional. [ouça o áudio acima]

Enquanto a cadeia produtiva vai repassando reajustes, o consumidor vai se defendendo como pode das altas nos preços.

Os clientes dos postos estão comprando menos e procurando o combustível mais barato. [ouça o áudio acima]

Quem não tem como reduzir o consumo de combustível vai se virando como pode para continuar usando o carro. É o caso do produtor rural Barbosa de Oliveira que viaja longas distâncias todo dia para vender frutas in natura. [ouça o áudio acima]

E o aumento do diesel preocupa porque impacta na produção e distribuição de alimentos e outras mercadorias, diz Antônio Romeiro. [ouça o áudio acima]

A CBN entrou em contato com a Petrobras por email para comentar a afirmação do empresário e aguarda um retorno.

Atualizado às 10h27: 

A Petrobras informou que os reajustes citados pelo empresário se referem provavelmente a ajustes de preços feitos pela distribuidora, não pela estatal. A Petrobras não aplica aumento de preços em dias não úteis como foi o caso citado pelo empresário do reajuste do diesel no dia 1º de janeiro.

Quer enviar sugestão, comentário, foto ou vídeo para a CBN Maringá? Faça contato pelo WhatsApp (44) 99877 9550