Pesca está liberada a partir desta sexta-feira (1º)
Imagem Ilustrativa/Pixabay/Domínio Público

Fim da Piracema

Pesca está liberada a partir desta sexta-feira (1º)

Meio Ambiente por Luciana Peña em 01/03/2019 - 09:00

Mas fiscalização continua para coibir a pesca predatória. Estão liberadas as modalidades de pesca amadora e profissional de espécies nativas como dourado, bagre, jaú, pintado, lambari, jundiás e surubim. A exceção é a piracanjuva, que consta da lista de espécies ameaçadas de extinção. Espécies consideradas exóticas, que foram introduzidas no meio ambiente pelos seres humanos, como bagre-africano, carpa e corvina, não entram na restrição da piracema e a pesca fica liberada o ano todo. Fiscais do IAP e da Polícia Ambiental reforçam a fiscalização para coibir pesca predatória e abusos como captura de peixes ainda pequenos. Se abordado pelo fiscal. O pescador deve apresentar o documento de autorização de pesca amadora ou profissional. Quem flagrado pescando em desacordo com as determinações responderá por crime ambiental e pagará multa de R$ 700,00 mais R$ 20,00 por quilo ou unidade de peixe capturado.