“O Conselho de Planejamento de Maringá que plante árvores”, diz Bravin
Vereador Belino Bravin |Foto: CMM

Desabafo

“O Conselho de Planejamento de Maringá que plante árvores”, diz Bravin

Política por Victor Simião em 20/02/2020 - 16:30

O vereador autor de projeto de lei que permite toldos em quase toda a largura da calçada, criticou o atendimento que recebeu do Conselho Municipal de Gestão e Planejamento. O parlamentar disse ter se sentido humilhado.  Presidente do grupo minimizou o atrito.

Após ver o projeto de lei ser aprovado, o vereador Belino Bravin desabafou. A proposição dele, que permite aos proprietários que coloquem toldo em quase toda a largura das calçadas, foi aprovada em segunda discussão nesta quinta-feira (20). Segundo o parlamentar, em uma ocasião ele tentou conversar com o Conselho Municipal de Gestão e Planejamento. E aí se sentiu humilhado. 

O Conselho deu um parecer apontando falta de informações no projeto, mas, apesar disso, a iniciativa foi aprovada. Por conta de uma emenda, tem de passar por uma terceira discussão, para a chamada redação final. 

Em tom de desabafo, o vereador disse que o conselho falou que em vez de toldo, os comerciantes deveriam plantar árvores para criar sombra. Bravin disse, então, que quem deveria fazer o plantio eram os conselheiros.

O presidente do conselho é Edson Cardoso, também diretor-presidente do Instituto de Pesquisa e Planejamento de Maringá, o Ipplam.  Ele minimizou as críticas e disse que faz parte da democracia.