Momento do Maringá FC é de reconstrução, diz Pachequinho
Pachequinho (Foto: Assessoria MFC)

Série B

Momento do Maringá FC é de reconstrução, diz Pachequinho

Esporte por Victor Simião em 09/01/2020 - 13:59

Apresentado em dezembro de 2019, o treinador está montando o elenco. Com orçamento reduzido, clube deve apostar em atletas da base. A equipe disputa a Série B do Paranaense neste ano.

A competição ainda está longe. Aliás, ainda nem há a data definida de início da Série B do Paranaense em 2020. O momento, agora, para o Maringá Futebol Clube é o de ajustes técnicos. Montagem de elenco, captação de patrocinadores - um trabalho de bastidor. Do plantel que disputou o Paranaense em 2019 restaram seis jogadores. 

Se repetir a montagem de anos anteriores, neste ano o MFC deve criar um grupo com mais de 20 atletas. 

Nas temporadas passadas, a diretoria do clube já encontrava dificuldades com patrocínio, mesmo disputando a elite do Paranaense. Agora, na segunda divisão, o trabalho deve ser ainda maior.

Apresentado em dezembro de 2019, o treinador Pachequinho sabe de tudo isso. E está preparado para o trabalho. Com orçamento reduzido, atletas da base têm sido observados.

É um momento de reconstrução, disse o técnico.  

Eriélton Carlos Pacheco - mais conhecido como Pachequinho-  já montou a comissão técnica. .A pré-temporada deve começar em fevereiro. A previsão é que o Paranaense B tenha início em abril ou maio. 

Em 2019, o Maringá Futebol Clube teve uma temporada ruim, que terminou com o rebaixamento da equipe no estadual. 

O clube tem de se reinventar. O uniforme oficial do ano será lançado no dia 27 deste mês. A camiseta será vendida por R$ 49,90 - para atingir vários públicos. 

Neste ano, a diretoria também prepara um draft. Essa ação ocorre nos dias 24 e 25 deste mês na sede do clube para atletas amadores ou profissionais, nascidos entre 1995 e 1999. Por um lado, é uma oportunidade para bons jogadores de Maringá e região. Por outro, é uma forma de o clube conseguir atletas com custo reduzido.