Jovem vende crochê para compra de álcool em gel para doações
Foto: Divulgação/Maria Elvira Smecelato

Em Paranavaí

Jovem vende crochê para compra de álcool em gel para doações

Paraná por Portal GMC Online em 12/05/2020 - 14:43

Em tempos de pandemia, diversas iniciativas voluntárias tentam promover a solidariedade e continuar ajudando quem mais precisa. Uma dessas ações acontece em Paranavaí, a 70 quilômetros de Maringá, onde a jovem Maria Elvira, de 19 anos, está vendendo ‘corações’ de crochê, com o objetivo de arrecadar dinheiro para a compra de álcool em gel para doações.

Apelidada de ‘Coração Solidário’, a campanha visa ajudar hospitais e entidades assistenciais de Paranavaí e região. Os corações custam apenas R$ 5 e estão sendo vendidos em diversos pontos da cidade.

Em entrevista ao GMC Online, Elvira conta que a ideia surgiu enquanto buscava uma atividade para passar o tempo durante a quarentena.

“Foi algo muito inusitado. Para passar meu tempo livre na quarentena, eu decidi aprender trabalhar com fio de malha, assisti algumas vídeo aulas e pratiquei por uma semana. Entrei no pinterest para ter ideias e aprender novos trabalhos e me deparei com um chaveiro de coração, fiz um e quando terminei fiquei olhando para ele e logo tive ideia”, afirmou.

A estudante diz que sempre foi engajada em ajudar o próximo. Após estudar outras maneiras de prestar auxílio em meio à pandemia e conversando com algumas pessoas, percebeu que trabalhar em volta da compra de álcool em gel seria o melhor caminho.

“Desde criança sou envolvida com causas sociais e me sinto muito feliz quando posso ajudar alguém de alguma forma. Conversando com alguns assistentes sociais, cheguei a conclusão de que as famílias em situação de vulnerabilidade social sempre irão priorizar a compra das refeições. Por isso, vimos a necessidade de atuar na compra do álcool em gel, para ajudar a proteger essas pessoas”, declarou.

Em contato com empresários de Paranavaí, ela conseguiu estabelecimentos apoiadores da campanha, que se tornaram pontos de vendas dos chaveiros.

A jovem diz que quem não é de Paranavaí também pode ajudar, e convoca as pessoas para a campanha.

“Algumas pessoas de outras cidades já me procuraram procurando e elas podem colaborar, toda ajuda é bem-vinda! Esperamos ajudar o máximo de famílias e entidades possíveis. Nesse período difícil, um Coração Solidário é o melhor remédio”, finalizou.

Confira os pontos de venda e mais informações clicando aqui.

 


Por: Victor Ramalho/GMC Online

 

Precisa sair de casa? Use máscara. Clique aqui e saiba por que ela é importante