Dados do Detran indicam veículos que mais se envolvem em acidentes em Maringá
Foto: ilustrativa/Arquivo/GMC Online

Trânsito

Dados do Detran indicam veículos que mais se envolvem em acidentes em Maringá

Trânsito por Monique Manganaro/GMC Online em 15/08/2020 - 10:13

Mais de cinco mil veículos já se envolveram em algum tipo de acidente em Maringá apenas neste ano. O levantamento, feito pela Prefeitura de Maringá a pedido do GMC Online, considera os dados do Departamento de Trânsito do Paraná (Detran-PR) registrados entre janeiro e julho de 2020. 

No total, o município registrou 2.760 acidentes neste ano. Entre os 5.157 veículos que se envolveram em alguma das ocorrências no período, mais de 40% corresponde a automóveis. Esse tipo de veículo lidera o ranking de acidentes registrados na cidade. 

Em segundo lugar, de acordo com registros do Detran, estão as motocicletas, seguidas pelos caminhões. Motonetas e caminhonetes também representam um número expressivo, conforme o levantamento. 

Na semana passada, um grave acidente ocorrido na região conhecida como Maringá Velho teve como protagonistas os veículos que ocupam os dois primeiros lugares no ranking do Detran. Um motociclista colidiu contra um automóvel após empinar a moto e perder o controle da direção. 

Câmeras de segurança do comércio flagraram a batida. Tanto o piloto da moto quanto o garupa ficaram feridos. 

As duas vítimas em questão entram nas estatísticas do levantamento. Os quase três mil acidentes deste ano tiveram um total 6.353 pessoas envolvidas. Dessas, 1.230 sofreram algum tipo de ferimento e 11 morreram. As vítimas que não ficaram feridas são 1.702. 3.410 envolvidos não tiveram o estado de saúde informado. 

Ruas e cruzamentos de Maringá com maior número de acidentes

 

A pedido do GMC Online, a Prefeitura de Maringá também identificou as ruas e os cruzamentos maringaenses com maior número de acidentes. 

Entre as ocorrências, a Avenida Pedro Taques lidera o ranking como o endereço com maior número de casos neste ano: 104 acidentes. 

Em segundo lugar, com 85 registros, está a Avenida Brasil. Os trechos do Anel Viário Prefeito Sincler Sambatti, da Avenida Tuiuti, da Avenida Doutor Alexandre Rasgulaeff e da Avenida Morangueira aparecem logo em seguida, quase empatados, com 61, 60, 59 e 58 registros de acidentes, respectivamente. 

A Avenida Colombo, trecho urbano da BR-376, é a sétima colocada no ranking, com o total de 46 acidentes registrados entre janeiro e julho de 2020. 

Clique aqui e veja o levantamento completo.