Crianças se cortam com cacos de vidro em piscina de Centro Esportivo
foto: Divulgação

Maringá

Crianças se cortam com cacos de vidro em piscina de Centro Esportivo

Cidade por Portal GMC Online em 12/02/2019 - 17:17

Quatro crianças, alunas do Centro Esportivo do Conjunto Borba Gato, em Maringá, se cortaram com cacos de vidro que foram jogados dentro da piscina onde são realizadas as aulas de natação.

Os acidentes ocorreram nas duas últimas semanas e, por conta do perigo, as aulas foram suspensas até que o problema seja solucionado. Além dos alunos, um professor e o responsável pela limpeza da piscina também se cortaram com os cacos de vidro.

“A gente acredita que seja mais de uma pessoa fazendo isso. Na primeira vez que jogaram os cacos de garrafas, foi no início de janeiro e agora vem se repetindo, assim não tem condições de dar aula, é perigoso, atendemos idosos que têm diabetes, imagina se acontece algo”, diz, preocupada, a professora de natação Ana Paula de Oliveira.

Um guarda patrimonial fica no local no período da noite e em período integral aos fins de semana, mas ele disse não ter visto os invasores que atiraram os cacos de vidro na piscina

Atualmente, o Centro Esportivo Borba Gato tem 20 turmas de natação e hidroginástica, atendendo cerca de 300 alunos.

Ao Portal GMC Online, a prefeitura disse que vai intensificar o patrulhamento da Guarda Municipal na região do Centro Esportivo Borba Gato com objetivo de combater os atos de vandalismo. Segundo a prefeitura, a Polícia Militar foi alertada sobre a situação e também vai aumentar as rondas no local. Ainda segundo a prefeitura, as aulas de natação vão permanecer suspensas até que o problema seja resolvido.

Denúncias podem ser feitas por meio do 156 ou para a Guarda Municipal pelo 153

Por Nailena Faian/Portal GMC Online