Boletim da prefeitura passa a informar taxa de ocupação hospitalar de Maringá
Imagem Ilustrativa/Pixabay/Domínio Público

Covid-19

Boletim da prefeitura passa a informar taxa de ocupação hospitalar de Maringá

Saúde por Portal GMC Online em 23/04/2020 - 18:20

A partir desta quinta-feira, 23, o boletim diário com os números do coronavírus, divulgado pela Prefeitura de Maringá, indicará a taxa de ocupação hospitalar geral do município. O boletim aponta o percentual de uso de leitos de enfermaria e UTI (adulto e neonatal/ pediatria).

As taxas de ocupação se referem a 1.391 leitos de enfermaria, 211 leitos de UTI adulto e 55 de leitos neonatal/pediatria disponíveis. No boletim desta quinta-feira, 23, a taxa de ocupação de leitos de enfermaria é 56,22%, dos leitos de UTI adulto corresponde a 56,40% e de UTI neonatal/pediatria é 58,18%.

De acordo com a prefeitura, os índices variam o tempo todo em função de internamentos e emergências que exigem leitos.

Ainda de acordo com o boletim, mais três pacientes que testaram positivo para Covid-19 estão recuperados da doença. Agora, soma 46 o número de pacientes recuperados.

No total, o município registra 61 casos confirmados do novo coronavírus, ou seja, quatro a mais que o boletim desta quarta-feira, 22. Destes, além dos 46 que estão recuperados, seis estão em isolamento domiciliar, quatro estão internados e cinco se referem a óbitos. A última morte foi registrada no dia 12 de abril.

Maringá tem 380 casos suspeitos em situação de isolamento domiciliar acompanhados pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (Cievs). Outros 18 suspeitos estão internados.

O boletim desta quinta aponta 1.277 casos encerrados na cidade, que se referem a pacientes que foram monitorados por 14 dias por terem apresentado sintomas compatíveis com Covid-19, mas o quadro não evoluiu.

Até as 18h, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) ainda não havia divulgado o boletim sobre o coronavírus desta quinta-feira, 23.

Por Lethícia Conegero / Portal GMC Online

 

Precisa sair de casa? Use máscara. Clique aqui e saiba por que ela é importante.