Aos 101 anos, paciente mais velho com Covid-19 em Maringá está recuperado
Imagem ilustrativa/Sabine van Erp/Pixabay

Pandemia

Aos 101 anos, paciente mais velho com Covid-19 em Maringá está recuperado

Saúde por Lethícia Conegero/GMC Online em 14/07/2020 - 08:32

O paciente mais velho diagnosticado com o novo coronavírus em Maringá é um homem de 101 anos. O resultado do exame foi divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde no boletim diário da Covid-19 no dia 26 de junho.

O homem chegou a ficar internado em um hospital particular de Maringá, mas venceu a doença e já está em casa com a família. Passados os 14 dias de monitoramento, ele não transmite mais o novo coronavírus e é um dos mais de 1,5 mil pacientes recuperados no município. Devido à idade avançada e outros problemas de saúde, o idoso está recebendo assistência médica domiciliar.

Dados

De acordo com os dados do boletim da Covid-19 dessa segunda-feira (13), Maringá tem 2.271 casos confirmados do novo coronavírus. Desses, 1.541 já venceram a doença. Os recuperados representam 67,8% do total de positivados no município.

Outros 638 positivados estão em isolamento domiciliar e 61 estão internados (23 em enfermaria e 38 em UTI). Desde o início da pandemia, Maringá registrou 31 óbitos em decorrência da Covid-19, dois deles registrados nesta segunda-feira (13).

Brasil

O Brasil tem o maior número de pacientes recuperados do novo coronavírus no mundo. Segundo dados da universidade americana Johns Hopkins, 1.264.843 pacientes já venceram a doença no país. Os Estados Unidos é o segundo colocado, com 1.006.326 recuperados, seguido da Índia, com 553.471, e da Rússia, com 503.168.

Acesse GMC Online