Você sabe quem recolhe animais silvestres em Maringá?
Divulgação PMA

Atenção

Você sabe quem recolhe animais silvestres em Maringá?

Por Carina Bernardino em 28/08/2019 - 20:20

 Se sua resposta foi Polícia Ambiental, está errada. É que o órgão atua somente em crimes ambientais, como resgates em cativeiro. O IAP e Ibama são os responsáveis por capturar e recolher animais silvestres no município

Player Ouça

A degradação ambiental e extinção de áreas verdes vem contribuindo para o aparecimento de animais silvestres no meio urbano. Diariamente, a Polícia Militar Ambiental de Maringá recebe ligações de moradores pedindo a retirada de gambá, morcego, tatu, porco-espinho, entre outros bichos, de quintais e residências maringaenses. São diversas situações que não competem a corporação, mas ao IAP (Instituto Ambiental do Paraná) e ao Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis). Você sabia disto? Acredito que não. Então a ideia da reportagem é realmente orientar os moradores a quem recorrer diante de determinadas situações. O tenente Ulisses de Deus, comandante da PMA, ajuda na explicação.

A Polícia Ambiental atua na captura e recolhimento de animais silvestres em casos de crimes ambientais, como por exemplo, quando há animais sendo criados em cativeiro. De acordo com o tenente, os policiais ambientais também auxiliam em ocorrências do IAP quando solicitados.

Outra situação atendida pela PMA é quando o animal silvestre oferece perigo à população.

No caso de encontrar algum animal silvestre, a orientação é manter distância, evitando o contato físico, e não dar alimentos. Orienta-se também espantar o animal para que o mesmo retorne à natureza.

O recolhimento de animais silvestres em Maringá deve ser solicitado ao IAP pelo telefone: 3226 3665. A Ouvidoria do Ibama atende pelo telefone: 0800 61 8080. Já as denúncias de crimes ambientais para a Polícia Militar Ambiental devem ser feitas pelo 3226 4745 ou 181. Outro canal direto é pelo e-mail: denunciaambiental@pm.pr.gov.br

Notícias da mesma editoria