Vereadores decidem nome do novo terminal urbano
Acompanhe O Assunto é política com Diniz Neto, de segunda a sexta, às 09h40 e às 14h20

O Assunto é Política

Vereadores decidem nome do novo terminal urbano

Por Diniz Neto em 20/08/2019 - 10:49
Player Ouça o boletim

Dia do maçon. 
Segundo a história, no dia 20 de agosto de 1822 aconteceu uma sessão histórica entre as Lojas de Maçonaria "Comércio e Artes" e "União e Tranquilidade", na cidade do Rio de Janeiro.
Na sessão, Gonçalves Ledo teria feito um discurso emocionante e inspirador, pedindo a Independência do Brasil ainda naquele ano.
O movimento da maçonaria teria motivado Dom Pedro I a proclamar a independência no dia 7 de setembro de 1822.

 

Assuntos na coluna de hoje: 
- SAID FERREIRA OU AMÉRICO DIAS FERRAZ?
- PODENDO
- DEMOCRATAS
- PATRIOTA
- PERGUNTAR NÃO OFENDE
- PEDIDO DE CASSAÇÃO
- GAECO
- PRESERVAÇÃO DAS FLORESTAS
- AGRICULTURA SUSTENTÁVEL
- BOMBAS LACRADAS

SAID FERREIRA OU AMÉRICO DIAS FERRAZ?
Entrará em primeira discussão, na sessão de hoje na Câmara Municipal, o Projeto de Lei nº 15.161/2019, de autoria do Poder Executivo, denominando o novo terminal urbano intermodal como “Terminal Urbano Intermodal Dr. Said Felício Ferreira”.
O projeto conta com uma emenda substitutiva, de autoria do vereador Jean Marques, denominando como “Terminal Urbano Intermodal Prefeito Américo Dias Ferraz” como o novo terminal urbano intermodal de Maringá.
A ideia do vereador é manter a homenagem que o segundo prefeito da história de Maringá teve ao dar seu nome à Rodoviária, que foi demolida em 2010. 
Jean Marques argumento que foi o prefeito Said Ferreira quem sancionou a lei homenageando Américo Dias Ferraz na rodoviária.
O prédio da rodoviária teve sua construção iniciada no final da gestão do então prefeito Américo Dias Ferraz, na década de 1950. Com a morte de Américo Dias Ferraz, em 1983, o local passou a ter o seu nome, tornando-se Rodoviária Municipal Américo Dias Ferraz, com lei de Said Ferreira, em 1984.
A ordem do dia da sessão desse dia 20 de agosto tem 15 projetos de lei e 16 requerimentos.

E você ouvinte, o que prefere: Dr. Said Ferreira ou Prefeito Américo Dias Ferraz?

 

PODENDO 
O ex-prefeito de Maringá, Roberto Pupin, deixou o Progressistas e está em pré-campanha. Tem convites para filiações. Há expectativa sobre qual será o seu destino partidário.

DEMOCRATAS 
José Luiz Bovo está trabalhando na organização do Democratas. Ele está em pré-campanha para prefeito, organiza a comissão executiva e faz contatos para a formação da chapa de candidatos e candidatas à Câmara Municipal.

PATRIOTA
Pessoal que apoio o advogado Eliseu Alves Fortes, do Patriota, não perde oportunidade para lembrar que as obras que estão sendo concluídas, em Maringá, foram iniciadas na gestão anterior.

PERGUNTAR NÃO OFENDE
João Cidadão, do Blog Sede de Justiça, escreveu a nota “Perguntar não ofende”:
“As obras do Contorno Sul estão paradas, isso é fato. Será que só será entregue próximo às eleições? Atraso nas obras para readequação de preço ou estratégia eleitoral?”

PEDIDO DE CASSAÇÃO
Foi protocolado na Câmara Municipal de Sarandi, ontem, mais um pedido de abertura de Comissão Processante contra o prefeito Walter Volpato, de Sarandi. Alegação de que o prefeito teria cometido infração político-administrativa, em licitação para contratação de uma empresa metalúrgica, com fornecimento de mão-de-obra e materiais à Secretaria de Educação. 
Não é a primeira vez que o assunto chega à Câmara Municipal de Sarandi. No total são sete pedidos de cassação e dois pedidos de abertura de CPIs para investigar irregularidades.

GAECO
O denunciante também protocolou pedido ao Gaeco para que acompanhe de perto o processamento e a votação do pedido de CPI "ante a existência de indícios que apontam acordos políticos em troca de cargos, para o apoio integral ao prefeito", o que teria resultado em arquivamento de todas as denúncias apresentadas à Câmara de Sarandi.

PRESERVAÇÃO DAS FLORESTAS
O tema está na agenda dos eventos e debates na região. Ontem à noite aconteceu palestra na ACIM, por iniciativa da Cocamar, com o tema “Brasil: preservar o meio ambiente e produzir alimentos, esse é o nosso negócio”, com o especialista Gustavo Spadotti Amaral Castro, supervisor do grupo de Gestão Territorial Estratégica da Embrapa Territorial. 
Nesta terça-feira a palestra aconteceu em café da manhã, na ACIL, em Londrina.
Dados apresentados por Spadotti: o percentual médio de preservação nas propriedades rurais brasileiras é de 26% e no Paraná 23,1% - as florestas estão em imóveis rurais. Nos Estados Unidos as florestas preservadas ocupam 18% do território nacional e na maior parte dos países europeus esse percentual não chega a 5%.

AGRICULTURA SUSTENTÁVEL
O tema foi debatido no Seminário de Políticas Ambientais no dia 9 de agosto, no Unicesumar, realizado pela Comissão de Ecologia e Meio Ambiente da Assembleia Legislativa.
Nesta quinta-feira, 22 de agosto, acontecerá um dia de campo, em Santa Fé, a partir das 13h30, debatendo formas mais eficientes e sustentáveis para o cultivo de tomates e folhosas.
Monitoramento integrado de pragas (MIP), doenças em hortaliças (MID), proposta horticultura orgânica. Monitoramento nutricional itinerante (MNI) e tomate e projeto Tomato Alternative. Apresentação do híbrido de tomate BRS Nagai e Rúcula.
Realização: Governo do Paraná/Secretaria da Agricultura e do Abastecimento, Emater,  Sanepar e Prefeitura de Santa Fé.
22 de agosto, a partir das 13h30. Local: Santa Fé - Propriedade das famílias Pedrazzani e Beloto. Informações: Inscrições na EMATER em Santa Fé (44) 3247-2198. Conteúdo: Extensionista Rural Ricardo Silva (44) 98406 5268.

BOMBAS LACRADAS 
O Procom iniciou fiscalização, em quatro postos de combustíveis. Foi encontrada irregularidade na qual o consumidor perdia 180 ml por litro de etanol. A bomba foi lacrada, pelo Procon e Ipem, Instituto de Pesos e Medidas. O limite para variações é de 60 ml.
A fiscalização prosseguirá por tempo indeterminado e se concentrará, também, na inspeção da qualidade. Exame das misturas dos combustíveis fica por conta do Laboratório de Análises de Combustíveis da UEM (LAC). Os resultados serão divulgados dentro dos próximos dias.
A operação também notificou loja de conveniência que comercializava produtos com valores diferentes para cartões de crédito. Próximas ações reunirão ainda Receita Estadual que atuará na fiscalização da transmissão de dados e combate à sonegação.

Notícias da mesma editoria