Vereadores cobram explicações sobre duplicação dos viadutos no Contorno Norte
CBN Maringá

O Assunto é Política

Vereadores cobram explicações sobre duplicação dos viadutos no Contorno Norte

Por Diniz Neto em 07/11/2018 - 09:50
Player Ouça o boletim

DINHEIRO NA CONTA – FALHA NOSSA NA DATA

Ontem comentei sobre a antecipação do pagamento do 13º salário dos servidores públicos do estado. Gostei tanto da antecipação, que adiantei também, um mês! O pagamento será feito no dia 10 de dezembro, e não novembro, como eu falei. Peço desculpas aos ouvintes e, especialmente, aos servidores públicos.

A programação era 14 de dezembro, a governadora determinou a antecipação para 10 de dezembro. Fica aqui a correção.

O pagamento será feito, em 10 de dezembro, a aproximadamente 280 mil servidores ativos, pensionistas e aposentados.

 

TRANSIÇÃO VAI COMEÇAR NO DIA 19 DE NOVEMBRO, NO PARANÁ

Ontem à tarde, terça-feira, dia 6 de novembro, foi definida a data pra início do processo de transição do governo do estado do Paraná. Será no dia 19 de novembro, logo após o feriado da proclamação da República.

Cada equipe de transição terá 5 nomes, já escolhidos. Será um processo democrático, com estabilidade e pensando no melhor para o estado e os paranaenses.

“Seguimos determinados a realizar a transição com harmonia, responsabilidade e transparência total”, afirmou Cida.

"Queremos garantir a continuidade de algumas ações importantes, sem comprometer o andamento delas. E queremos uma atenção especial ao projeto de PPPs, que será encaminhado à Assembleia, para podermos já no início do mandato iniciar as obras e ações necessárias com as parcerias público privadas", disse Ratinho Júnior.

 

 

PARCERIAS PÚBLICO PRIVADAS NO COMEÇO DO NOVO GOVERNO DO PARANÁ

Muito importante essa referência de Ratinho Junior ao projeto de PPPs que será encaminhado à Assembleia e que, uma vez aprovado, vai nortear, segundo adiantou o governador eleito, ações no início do mandato.

 

REFORMA DA PREVIDÊNCIA

Ontem Jair Bolsonaro cumpriu agenda em Brasília. Continua hoje por lá.

Participou de uma sessão especial do Congresso Nacional dedicada aos 30 anos da Constituição.

Falaram os chefes dos poderes da República. O presidente eleito não estava na pauta para falar, mas foi convidado e se pronunciou em defesa da Constituição. Sua fala foi breve, espontânea e descontraída.

 

Paulo Guedes, em Brasília, falou da oportunidade que o atual Congresso tem de aprovar a reforma da Previdência. Segundo ele, a prioridade neste momento é “Previdência, Previdência, Previdência”, palavras exatamente proferidas assim.

O deputado federal Ricardo Barros, de Maringá, declarou ontem e postou nas suas redes postais que "votar a reforma da Previdência este ano é uma oportunidade imperdível".

Por que isto? Porque seria uma pauta desgastante a menos no começo do governo, facilitando o caminho para outras medidas.

Com esta mobilização, muito provavelmente, a reforma da Previdência deverá chegar à votação na Câmara dos Deputados e no Senado ainda este ano.

 

A FARSA DO CÁLCULO DO DESEMPREGO

Em entrevista à rede Bandeirante, Jair Bolsonaro declarou ontem que o cálculo do desemprego no Brasil é uma farsa.

Suas palavras: “Vou querer que a metodologia para dar o número de desempregados seja alterada no Brasil. O que está aí é uma farsa”, citou, sobre os números oficiais divulgados pelo IBGE. “Quem recebe Bolsa Família é tido como empregado, quem não procura emprego há mais de um ano é tido como empregado, quem recebe seguro-desemprego é tido como empregado. Temos que ter uma taxa de não desempregados, e, sim, de empregados”, afirmou o presidente eleito.

 

FOGOS DE ARTIFÍCIO COM MENOS RUÍDO

Hoje, às 20 horas, na Câmara, acontecerá uma audiência pública para debater projeto de lei do vereador Flavio Mantovani, projeto 14463/2017, que proíbe a queima, soltura e manuseio de fogos de artifício e artefatos pirotécnicos que causem poluição sonora no município de Maringá.

A proposta é polêmica, mas tem muitos defensores. Pessoal da causa animal e pais de crianças autistas estão unidos na defesa do projeto.

O efeito dos fogos sobre crianças autistas é impressionante. O retorno à normalidade pode levar, às vezes, mais de uma hora.

 

VIADUTOS DO CONTORNO NORTE: COBRANÇAS

Ontem, terça-feira, dia 6 de novembro, na sessão da Câmara de Maringá, muitos vereadores usaram a tribuna com pronunciamentos críticos à administração. 11 vreadores falaram e destes, 6 fizeram cobranças à administração.

Os mais contundentes foram Homero Marchese (Pros), Chico Caiana (PTB), Willian Gentil (PTB) e Odair Fogueteiro (PHS). Também fizeram críticas Mário Verri (PT) e Alex Chaves (PHS). O atraso na obra de duplicação de seis viadutos do Contorno Norte foi o mais citado.

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Dnit) recusou o anteprojeto apresentado pela secretaria de Obras Públicas (Semop), que seria licitado este ano. A recusa aconteceu em junho. Até agora, novembro, o problema não foi resolvido.

O secretário de Obras, Marcos Zucoloto, foi convidado a dar explicações na sessão de quinta-feira, dia 8.

Este atraso nas obras de duplicação é algo inaceitável. Um prejuízo à população que só pode ser debitado na conta da incompetência.