Uso de lodo de esgoto será ampliado no Paraná
Google Imagens/ Ilustrativa

Meio Ambiente

Uso de lodo de esgoto será ampliado no Paraná

Por Carina Bernardino em 29/11/2018 - 19:40

Em 2017, Maringá foi a cidade que mais destinou lodo para propriedades rurais. Foram 4.540 toneladas, segundo a Sanepar. Ao fazer a destinação, todos ganham. A empresa, o agricultor e o meio ambiente. 

Player Ouça

Quase 30% do lodo de esgoto destinado em 2017 para a agricultura paranaense foi de Maringá. Ao todo, a cidade destinou 4.540 toneladas de lodo para propriedades rurais, que foram utilizados nas lavouras. No Estado, em 11 anos, o volume destinado pelas Unidades de Gerenciamento de Lodo passa de 280 mil quilos. Os dados são da Emater e da Sanepar - Companhia de Saneamento do Paraná.

Nesta quinta-feira (29), uma nova parceria foi firmada para ampliar a destinação de lodo de esgoto para agricultura. O evento foi realizado no município de Santa Fé, distante a 50 km de Maringá. A parceria é para o desenvolvimento de um plano de trabalho para destinação do lodo. Ao fazer a destinação do lodo de esgoto, todos ganham. A empresa, o agricultor e o meio ambiente.

A ideia é que após o evento, aumente o número de cadastros de agricultores interessados em utilizar o lodo de esgoto em propriedades rurais. Segundo a Sanepar, todo o trabalho técnico junto aos agricultores será desenvolvido pelos profissionais do Emater. O lodo fertiliza o solo e corrige o pH, contribuindo para o aumento da produtividade e reduzindo o custo da produção dos agricultores. Na região de Santa Fé, a utilização é feita em lavouras de café.