Três secretários da Prefeitura de Maringá saem de férias
Imagem Ilustrativa | Foto: Cléber França/GMC Online

Período

Três secretários da Prefeitura de Maringá saem de férias

Política por Victor Simião em 30/10/2020 - 15:53

São os responsáveis por áreas como Procon e Saúde. Questionado pela CBN se eles deixaram as funções momentaneamente devido à campanha eleitoral, Executivo disse que não. 

Ao menos três secretários municipais da Prefeitura de Maringá estão saindo de férias no atual período. A informação consta no Diário Oficial do Município do dia 29 de outubro. Alguns dias de descanso são um direito constitucional para quem cumpre mais de um ano de trabalho.

Os secretários que estão de férias são Valmir Fassina, do Esporte, Geison Ferdinandi, do Procon, e Jair Biatto, da Saúde. No caso dos dois primeiros, o período sem atuar na função é de 26 de outubro a 13 de novembro. Em relação a Biatto, começa no dia 03 de novembro e segue até 02 de dezembro.

Fassina será substituído pelo diretor técnico da Sesp Valdemar da Silva no período. No Procon, o procurador-geral de Maringá, Adelino Gonçalves, irá acumular a função de diretor do órgão durante as férias do titular. Na Saúde, a diretora Maria Sapata fica na função de secretária interinamente.

O atual período é o de campanha eleitoral, e o prefeito Ulisses Maia usca a reeleição. A eleição ocorre no dia 15 de novembro.

Alguns cargos comissionados da Prefeitura foram exonerados para trabalhar na campanha. Em razão disso, a CBN questionou ao município se os secretários haviam pedido as férias para atuar no mesmo tipo de serviço.

Por meio da assessoria de imprensa, a resposta foi a de que não. A saída deles tem a ver com o final do mandato, que se encerra no dia 31 de dezembro de 2020. Segundo a Prefeitura, o Tribunal de Contas do Estado do Paraná não permite o acúmulo de férias.

No início da campanha, o então chefe de gabinete da Prefeitura de Maringá, Domingos Trevisan, pediu exoneração do cargo. Conforme afirmou à CBN, ele havia saído para trabalhar na campanha. Trevisan foi o chefe dos trabalhos na disputa eleitoral passada.